A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

14/06/2015 14:52

Governo estadual confirma construção de Hospital Regional de R$ 41 milhões

Antonio Marques
Governador Reinaldo Azambuja anuncia investimentos no valor de R$ 41 milhões para a construção do Hospital Regional de Três Lagoas (Foto: Divulgação/Chico Ribeiro)Governador Reinaldo Azambuja anuncia investimentos no valor de R$ 41 milhões para a construção do Hospital Regional de Três Lagoas (Foto: Divulgação/Chico Ribeiro)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) anunciou na manhã deste domingo (14), em Três Lagoas, durante a terceira etapa da Caravana da Saúde, investimentos no valor de R$ 41 milhões para a construção do Hospital Regional de da cidade, que completa 100 anos nesta segunda-feira (15).

Veja Mais
Governador participa de reinauguração da Catedral em Dourados
Governador participa do encerramento da Caravana de Saúde em Três Lagoas

O hospital será construído em uma área de 23 mil metros quadrados e vai funcionar como unidade escola para alunos da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Para a construção, serão destinados R$ 33 milhões oriundos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), e R$ 8 milhões do governo estadual, de contrapartida.

“Daqui a 15 dias, eu volto para Três Lagoas para dar a ordem de serviço para a construção do Hospital Regional, com 192 leitos para atender a cidade e região, para pacientes de média e alta complexidade”, afirmou o governador.

De acordo com a assessoria de imprensa do governo, outros grandes investimentos foram anunciados pelo governador, entre eles a abertura de uma nova linha de produção da fábrica de celulose Eldorado. Ao todo, serão investidos R$ 8 bilhões na linha de fabricação, com recursos do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste). A previsão é que a expansão comece a operar no primeiro semestre de 2018, com capacidade produtiva de 2 milhões de toneladas de celulose por ano.

Durante o discurso, Reinaldo também falou sobre a Fibria, outra fábrica de celulose, que vai injetar R$ 7,7 bilhões, também, em uma nova unidade, com expectativa de gerar 40 mil empregos diretos e indiretos. Reinaldo Azambuja ainda teria informado que a Asperbras, fábrica de estruturas de madeiras e móveis, também vai se instalar em Mato Grosso do Sul, na cidade de Água Clara. “Daqui mais uns dias, vamos dar ordem de serviço para a Fibria e Asperbras, que vai investir R$ 300 milhões na produção de MDF e móveis de madeira”, disse o governador.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions