A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

04/06/2015 08:19

Governo publica nomeação de oposicionista como nova reitora da UFGD

Helio de Freitas, de Dourados
Liane Maria Calarge, nova reitora da Universidade Federal da Grande Dourados, com seu vice Marcio de Barros (Foto: Arquivo)Liane Maria Calarge, nova reitora da Universidade Federal da Grande Dourados, com seu vice Marcio de Barros (Foto: Arquivo)

Foi publicado no Diário Oficial da União de ontem, 3 de junho, o decreto do Ministério da Educação que nomeia a professora doutora Liane Maria Calarge como nova reitora da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). Ela vai comandar a maior universidade do interior de Mato Grosso do Sul de 2015 a 2019.

Veja Mais
Docentes da UFGD iniciam greve e deixam 10 mil universitários sem aula
UFGD e HU recorrem à ONU para construir hospital da mulher e da criança

Liana Calarge foi candidata de oposição e substitui Damião Duque de Farias, que ficou oito anos no cargo. A posse dela será no Ministério da Educação, em Brasília, na próxima quarta-feira, às 14h (horário de MS).

Diretora da Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais, Liane Calarge foi eleita pela comunidade acadêmica através de consulta prévia realizada no dia 26 de março, com votos paritários dos três segmentos – professores, técnicos administrativos e estudantes.

Ela obteve 49,97% dos votos dos eleitores e tem como vice-reitor eleito o professor doutor Marcio Eduardo de Barros, da Faculdade de Ciências da Saúde.

De acordo com a assessoria da UFGD, após tomar posse na próxima semana, Liane Calarge deverá nomear e empossar o vice-reitor, bem como a nova equipe de trabalho que vai compor a administração central da UFGD para os próximos anos.

Despedida - Em discurso no evento de encerramento do mandato, Damião Duque de Farias listou diversas características que, segundo ele, diferenciariam a UFGD das outras universidades do Brasil.

“Poucas universidades podem reunir as qualidades da UFGD. Poucas podem dizer que são referência em promoção da cultura na cidade e no Estado, com programas institucionais e muitos professores comprometidos. Poucas podem dizer que a maioria de seus cursos de graduação é nota 4 e 5, mesmo com poucos servidores, técnicos e professores; poucas podem dizer que criaram tantos cursos de pós-graduação. Isso é resultado do esforço de todas as pessoas que estudam e trabalham na UFGD”.

Docentes da UFGD iniciam greve e deixam 10 mil universitários sem aula
A onda de greve já chegou à maior universidade pública do interior de Mato Grosso do Sul. Pelo menos 500 docentes da UFGD (Universidade Federal da Gr...
Lista tríplice é enviada a Brasília para Dilma escolher novo reitor da UFGD
Já está no Palácio do Planalto para apreciação da presidente Dilma Rousseff a lista tríplice com a indicação de nomes para reitor e vice-reitor da UF...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions