A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

27/12/2013 13:34

Governo publica nova portaria e reajuste em pedágio será de até 6,52%

Bruno Chaves
Quem usar ponte para ir a Corumbá pagará até 5,1% mais caro em pedágio (Foto: Arquivo/Campo Grande News)Quem usar ponte para ir a Corumbá pagará até 5,1% mais caro em pedágio (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

A tabela com os novos valores de cobrança de pedágios da ponte sobre o Rio Paraguai, na BR-262, entre as cidades de Miranda e Corumbá, foi publicada hoje (27) pelo Governo do Estado. Diferente do publicado no dia dia 18, os reajustes são maiores e chegam a 6,52%.

Veja Mais
Governo faz reajuste na cobrança de pedágio na ponte do Rio Paraguai
PMA fecha posto de combustível e multa proprietário em R$ 50 mil

O reajuste foi baseado nos valores do IGPM (Índice Geral de Preços de Mercado) e calculado pela Fundação Getúlio Vargas. A nova cobrança entrará em vigor a partir do dia 1° de janeiro.

Um motociclista pagava R$ 4,60 para passar pela ponte e a partir do ano que vem pagará R$ 4,90; anteriormente, a promessa é que o valor seria reajustado para R$ 4,80. Já o pedágio para veículos de passeio aumentará de R$ 7,70 para R$ 8,10; antes, o valor anunciado era de R$ 8,00.

Os veículos de passeio ou utilitários com reboques de eixo simples ou duplos, que antes pagavam R$ 11,60, agora terão que dar R$ 12,20 para atravessar a ponte; antes, o reajuste prometido era de R$ 12,00.

Aos carros com reboque com eixo duplo que custavam R$ 15,40 ficarão em R$ 16,20; anteriormente, o anúncio era que aumentaria para R$ 16,00. Neste caso, o aumento foi de 5,1%.

Os valores serão cobrados de qualquer veículo que atravesse a ponte sobre o Rio Paraguai. Os condutores de veículos de propriedade da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios, inclusive de suas autarquias e fundações, bem como dos veículos pertencentes aos Estados estrangeiros e destinados às suas representações diplomáticas, não pagarão os pedágios.

Governo faz reajuste na cobrança de pedágio na ponte do Rio Paraguai
O governo estadual, através da Secretaria de Obras e Transportes, fez o reajuste na cobrança de pedágios em relação a utilização da ponte de concreto...
Homem é esfaqueado e encontrado morto em frente de casa
Almir Caetano Lima, 39, foi encontrado morto com sinais de esfaqueamento na barriga, às 7h deste sábado (3) no bairro Cascatinha II em Sidrolândia, d...
Sobrinho mata tio com facada no coração e se entrega para polícia
Elpídio Corrêa Mendes, 39, foi morto esfaqueado pelo sobrinho, Tiago Corrêa Mendes, 20, na manhã deste sábado (3) em Naviraí, distante 366 km de Camp...



Nosso Estado é o único lugar do mundo que possui um pedágio governamental para manutenção de uma ponte de 2 quilômetros, é um absurdo esse pedágio!!
 
Ademir Solano em 28/12/2013 00:06:45
Quer dizer então que um boliviano que quiser passar pela ponte não vai pagar nada! Um absurdo isso, se entrarmos na bolivia somos extorquidos pelos policiais bolivianos que só faltam nos levar a roupa do corpo.
 
Marcos Wild em 27/12/2013 22:58:44
O senhores não ve que este dias atrás eles já subiram de R$5.50 a R$7.70 são
40% aumento nesta ponte de pedágio
Agora elem tem que ficar pelo menos uns tres anos sem subir
Como que a empresa não ve isto para contestar ou divolgar
ATT
ORFEU
 
ORFEU BARELLA em 27/12/2013 16:50:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions