A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

08/04/2014 15:26

Gripe A não matou militar de 18 anos em Anastácio, aponta exame

Lidiane Kober

Exame do Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública), divulgado nesta terça-feira (8), apontou que o militar Johny Cecílio Ramires dos Santos, 18 anos, não morreu de Gripe A. A possibilidade era investigada pela SES (Secretaria Estadual de Saúde), que já confirmou três mortes pela doença, em Corumbá.

Veja Mais
Saúde investiga se gripe A matou militar de 18 anos em Anastácio
Em Corumbá, Ministério da Saúde investiga 17 suspeitas de gripe A

De acordo com a assessoria de imprensa da pasta, a causa da morte do militar, lotado em Aquidauana, ainda é um mistério. Outra suspeita é a hipótese de o óbito ser decorrente de meningite. Johny seria vítima de uma doença crônica, que poderia ter facilitado o agravamento dos sintomas e resultado na morte do jovem.

Ele foi a óbito na madrugada do dia 29 de março, após passar mal por duas vezes. Primeiro, os sintomas apareceram enquanto estava no quartel, na noite do dia 28. Na ocasião, foi diagnosticado quadro de virose, ele foi medicado e liberado.

No outro dia, Johny foi à unidade de saúde de Anastácio. Lá, foi diagnosticado com síndrome infecciosa decorrente de infecção viral. Mais uma vez, o jovem foi medicado, ficou em observação e foi liberado depois que apresentou melhoras.

Na madrugada, por volta das 2h, o rapaz passou mal novamente e morreu quando estava sendo levado para o Hospital Regional de Aquidauana.

Mortes confirmadas - Três mortes foram confirmadas por Gripe A, em Corumbá. A primeira foi de uma mulher no dia 30 de janeiro. Nove dias depois a mãe dela, de 61 anos, também morreu em decorrência da doença, no dia 8 de fevereiro.

O terceiro óbito ocorreu no dia 24 de fevereiro, a vítima também era uma mulher. Os dois últimos óbitos foram confirmados pelo laboratório Adolfo Lutz, em São Paulo.

Saúde investiga se gripe A matou militar de 18 anos em Anastácio
A Secretária de Saúde está investigando um caso de morte por suspeita de gripe A, causada pelo vírus H1N1, em Anastácio, distante 135 quilômetros de ...
Em Corumbá, Ministério da Saúde investiga 17 suspeitas de gripe A
O Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde investigam 17 suspeitas de gripe A em Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande. Até agora, t...
Após mortes em Corumbá, Cassems antecipa vacinação contra gripe
Após confirmação de três mortes pelo vírus influenza H1N1, como é conhecido o causador da gripe A, em Corumbá, a Cassems (Caixa de Assistência dos Se...
Confirmado mais duas mortes e gripe H1N1 já matou três em Corumbá
A assessoria de imprensa da SES (Secretaria Estadual de Saúde) confirmou mais duas mortes por gripe H1N1 em Corumbá. Ambos os óbitos causados pela do...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions