A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

10/12/2013 14:07

Homem é condenado a 24 anos de prisão por golpear indígena idoso até a morte

Bruno Chaves

Por matar um indígena de 67 anos, em 2012, com golpes de madeira e chave de fenda, Gilson José Machado foi condenado a 24 anos de reclusão pelo Tribunal do Júri da Comarca de Bonito – a 257 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
PM recorre a 'mata-leão' para algemar invasor de conveniência
Duas pessoas são assassinadas em barraco perto de assentamento

O homicídio do indígena Alcindo Miguel Leite foi qualificado por uso de meio cruel. A condenação de Gilson ocorreu nesta terça-feira (9).

Os autos do processo informam que no dia 10 de outubro do ano passado, às 14h20, Alcindo foi golpeado por Gilson José com um pedaço de madeira e uma chave de fenda.

De acordo com o MPE (Ministério Público Estadual), o promotor Thalys Franklyn de Souza produziu a acusação, mostrando as provas e pedindo a condenação do réu.

Por quatro votos a zero, o Conselho de Sentença acolheu o pedido da acusação e reconheceu a autoria, materialidade, qualificadores e causa especial de aumento de pena de homicídio ter sido praticado contra idoso.

Dessa forma, o Tribunal do Júri de Bonito condenou Gilson José Machado a 24 anos de reclusão, conforme as penas do artigo 121, § 2º, inciso III e § 4º, do Código Penal.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions