A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

03/11/2013 08:04

Homem é morto a tiros, 30 minutos após roubo de carro em Ponta Porã

Bruno Chaves

Hozanildo de Morais Santos, 32 anos, foi alvejado a tiros na noite de ontem (2) na Rua Pedro Ângelo Rosa, em Ponta Porã – a 323 quilômetros de Campo Grande – 30 minutos depois do roubo de um VW Polo, com placas da cidade.

Veja Mais
Hoje é dia de Imaculada Conceição, padroeira de Dourados e do Paraguai
Jovem de 26 anos morre após fazer aborto em clínica clandestina

Segundo boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência de homicídio no local.

Ao chegarem ao endereço, os policiais encontraram Hozanildo morto, atingido por vários disparos de arma de fogo.

No endereço também havia o carro roubado há cerca de 30 minutos, informa o documento policial.

Testemunhas contaram que três pessoas estavam no carro roubado, que era seguido por dois homens armados em uma motocicleta. Os ocupantes do veículo menor efetuavam vários disparos em direção ao carro.

Em determinado momento, o motorista do Polo perdeu o controle e bateu na guia da calçada, travando a roda dianteira.

Os três homens saíram do carro, mas Hozanildo foi atingido pelos tiros e caiu a poucos metros do veículo. Os outros dois homens fugiram.

Jovem de 26 anos morre após fazer aborto em clínica clandestina
Uma jovem de 26 anos morreu depois de fazer um aborto em uma clínica de Porto Murtinho, distante 431 km de Campo Grande na terça-feira (6). A mãe da ...
Segurança reage a assalto, troca tiros com bandidos e é atingido de raspão
Ao reagir durante assalto anunciado por três homens, o segurança Aldair José de Oliveira, 30, ficou ferido ao ser atingido por um tiro. O caso aconte...
Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
Um trabalhador rural identificado como Abmael Fernandes dos Santos, de 30 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (7) ao ser atingido por um raio en...



concordo com comentário do leitor todos ladrões fosse perseguido e morto seria uma tranquilidade
 
CARLOS MARQUES em 03/11/2013 21:44:08
isso é Ponta Porã voltando à normalidade... aos costumes...igual aos morros cariocas...roubou na favela...Já era...
 
laercio souza em 03/11/2013 11:42:14
Se continuar assim não teremos mais presídios lotados, os ladrões vão pensar mais de duas vezes pra assaltar alguém, não teremos filas de processos na justiça, nosso dinheiro (impostos) não vai ser gasto em ressocialização de bandidos e sim em educação de crianças............Péssimo isso, não é mesmo?
 
Claudemir Rodrigues em 03/11/2013 11:01:27
em ponta porã o sistema é BRUTO!!!
 
paulo marques em 03/11/2013 10:18:47
Deveria ser sempre assim; o trabalhador tem se carro roubado junta se a dois amigos a procura dos bandidos. Quando os localiza, ainda c o carro roubado e no flagrante, bum!!! " Não tio, eu achei esse carro na rua... não tio,eu sô dimenor... Ah é? Bum, bum!!!" Hozanildo nunca mais vai roubar! E a historia não acabou; quando acharem dois presuntos jogados na vala, já saberemos q não vão faltar dois bandidos pé rachado foragidos.O carro foi devolvido ao "atônito e surpreso" dono do carro, que diz não saber de nada...bobo!!!
 
samuel gomes-campo grande-MS em 03/11/2013 09:53:32
Como esse mundo seria bom se todos os ladrões, 30 minutos depois do roubo, tivessem o mesmo destino...
 
Adriano Roberto dos Santos em 03/11/2013 09:44:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions