A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

29/10/2015 08:51

Homem é morto a tiros de pistola ao deixar presídio semiaberto

Idalecio Pereira Ramires cumpria pena em regime semiaberto por duplo homicídio e foi morto no meio da rua, no bairro Vila Áurea

Helio de Freitas, de Dourados
Presidiário que cumpria pena por duplo homicídio foi morto ao sair de presídio semiaberto (Foto: Leo Veras)Presidiário que cumpria pena por duplo homicídio foi morto ao sair de presídio semiaberto (Foto: Leo Veras)

Mais uma pessoa foi executada em Ponta Porã, cidade a 323 km de Campo Grande, na fronteira do Brasil com o Paraguai. Idalecio Pereira Ramires, 36 anos, foi morto a tiros de pistola calibre 40 logo após deixar o presídio semiaberto da cidade. Ele cumpria pena por duplo homicídio. A região vive uma onda de assassinatos e pelo menos 20 pessoas foram mortas nos últimos dois meses nos dois lados da fronteira.

Veja Mais
Um mês depois da morte de Goldoni, fronteira vive ‘cultura do medo’
Em menos de 23 dias, Ponta Porã registra 10 mortes violentas

De acordo com a polícia, Idalecio seguia em uma moto Honda vermelha, placa ALG-7858 de Ponta Porã. No cruzamento das ruas Curitiba e João Pessoa, na Vila Áurea, foi surpreendido pelos pistoleiros e alvejado. Ele morreu no local.

A polícia ainda faz levantamentos no local do crime para tentar descobrir mais informações sobre os criminosos. Idalecio Ramires tinha sido condenado por duplo homicídio, ocorrido há cinco anos.

Ele chegou a cumprir parte da pena na penitenciária de Dourados e em agosto deste ano conseguiu progressão do regime fechado para o semiaberto, ou seja, passava o dia em liberdade, mas tinha que dormir no presídio.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions