A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Fevereiro de 2017

06/06/2013 06:24

Homem é preso com 17 quilos de ouro na divisa de MS com SP

Francisco Júnior
Ouro foi extraído de minas em Mato Grosso. (Foto: Divulgação)Ouro foi extraído de minas em Mato Grosso. (Foto: Divulgação)

Um homem foi preso na manhã de ontem (5) com 17 quilos de ouro na rodovia SP-320 (Euclides da Cunha) na divisa da cidade de Santa Fé do Sul (SP) com Paranaíba.

Uma equipe do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) da Polícia Militar abordou o veículo, oriundo do Estado de Mato Grosso, após a entrada dele no Estado de São Paulo, nas proximidades da divisa paulista com o Estado de Mato Grosso do Sul.

Após a abordagem policial, o motorista, 41 anos, identificou-se como cinegrafista profissional de uma rede nacional de TV e apresentou crachá e colete com a logomarca da empresa. Em razão do nervosismo do preso, foi realizada um busca minuciosa no veículo e as barras acabaram encontradas.

Diante da situação, o motorista confessou que ele não era cinegrafista e que o crachá e colete foram entregues pelos donos do ouro com o objetivo de intimidar policiais que quisessem vistoriar o veículo em barreiras no decorrer do trajeto.

De acordo com o preso, ele fazia o transporte do ouro Cuiabá (MT) e parte seria entregue em São José do Rio Preto (SP) e o restante seria levado para uma empresa paulista que comercializa o metal precioso na capital de São Paulo.

O veículo de passeio utilizado no transporte é de propriedade da empresa. O metal precioso é extraído em garimpos do interior de Mato Grosso e posteriormente transportado em pequenas quantidades até as capitais do país onde é comercializado.

Parte do material apreendido estava acompanhada de notas fiscais, porém, a autenticidade das mesmas será verificada assim como a conduta dos proprietários da empresa que utilizaram meios impróprios para o transporte de tamanha quantidade de metal precioso.

O motorista foi encaminhado para a delegacia da Polícia Federal de Jales e autuado pelo crime de contra a ordem econômica, com pena prevista de 5 anos de prisão.

A PF de Jales (SP) continuará as investigações com o intuito de desvendar possível esquema criminoso relativo à extração e comercialização ilegal de ouro proveniente do Estado de Mato Grosso assim como verificar a possível participação de outras empresas e indivíduos no negócio ilegal.

O ouro apreendido será periciado e posteriormente custodiado em Instituição Financeira da região aguardando decisão judicial sobre o seu destino.

 




1 grama de ouro = + - R $ 95,00. Imagine a grana ai !
 
jose da silva em 06/06/2013 11:24:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions