A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

23/10/2015 18:19

Homem é preso em flagrante por manter relação sexual com garota de 11 anos

Renata Volpe Haddad
Clodoaldo foi flagrado na cama com a menina de 11 anos. (Foto: Ermerson Dantas/ Jornal da Nova)Clodoaldo foi flagrado na cama com a menina de 11 anos. (Foto: Ermerson Dantas/ Jornal da Nova)

Clodoaldo Ferreira Moreira de 39 anos, foi preso em flagrante acusado de estupro de vulnerável na madrugada desta sexta-feira (23) em Batayporã, distante 311 km de Campo Grande.

Veja Mais
Sem receber, servidores acusam sindicato de conivência com prefeitura
Dupla é presa com mais de 400 kg de maconha e pedras de crack na BR-267

Segundo informações do Jornal da Nova, a mãe da garota que mora em Nova Andradina, compareceu na Polícia Militar informando que a filha não estaria na cidade. Os policiais pediram que a mulher fosse até a Delegacia de Polícia Civil para registrar os fatos.

Na delegacia, a mãe contou que a filha não tinha ido à escola e soube, que no último final de semana, esteve em Batayporã com um rapaz e que havia perdido a virgindade.

Durante revista na residência e nas coisas da garota, a mãe encontrou um número de telefone celular e entregou ao investigador, que conseguiu a localização do suspeito. Com os dados e informações, os agentes civis com apoio da PM, sob a coordenação do Delegado Titular de Batayporã, Rafael Carvalho, foram até a residência de Clodoaldo e flagraram a menina nua na cama com o suspeito. No colchão havia várias manchas de sangue.

Aos policiais, a menina relatou que perdeu a virgindade com Clodoaldo há dois meses. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a delegacia, onde o delegado ratificou a prisão em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável.

Conforme o Jornal da Nova, o homem já foi preso em flagrante pelo mesmo crime em 30 de junho deste ano e foi liberado pela Justiça no dia 8 de julho. Segundo o delegado, exames foram requisitados para a menina. Clodoaldo permanece preso na cadeia de Batayporã.




Este indivíduo não pode ser chamado nem de animal, pois animal não faz isso.
É crime hediondo e deveria curtir no mínimo 30 anos trancafiado vendo o sol nascer quadrado.
 
Abestado em 23/10/2015 19:26:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions