A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

13/05/2011 06:58

Homem mantém o filho refém por mais de 9 horas em Corumbá

Francisco Júnior

Homem só liberou a criança na madrugada de hoje

Sequestrador foi encaminhado para a delegacia. Ele já tem passagem pela polícia. (Foto:Anderson Gallo/Johonie Midon, do Diário Online)Sequestrador foi encaminhado para a delegacia. Ele já tem passagem pela polícia. (Foto:Anderson Gallo/Johonie Midon, do Diário Online)

Por mais de nove horas, Osmar Koester, 31 anos, manteve o próprio filho de 2 anos refém em Corumbá.

De acordo com o site Diário Online, tudo começou por volta das 16 horas de ontem (12), quando a ex-mulher do sequestrador foi buscar o filho na casa dele. Ela estava acompanhada de uma irmã, fato que irritou Osmar, que começou uma discussão com as duas mulheres.

Com a chegada do Conselho Tutelar e de uma guarnição da Polícia Militar no local, o homem acabou fazendo o filho refém. A nulher e a irmã foram liberadas por ele e saíram da casa.

Por conta da situação, policiais civis e militares, agentes DOF (Departamento de Operações da Fronteira), Força Nacional, equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros foram acionados para o local. Todo o quarteirão foi isolado pela polícia, porém, o caso acabou atraindo vizinhos e populares que se aglomeraram para acompanhar o desfecho do caso.

Durante a negociação, Osmar fez exigências para se entregar. Ele queria a presença de um advogado, de uma equipe de TV, além de querer conversar com a mãe do menino.

Policiais do Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) de Campo Grande ajudaram nas negociações.

Osmar Koester usou uma pistola 9 milímetros durante todo o tempo que manteve a criança refém. Por volta da 01h05 da madrugada de hoje, 13, ele se entregou e foi levado para o 1º Distrito Policial.

O sequestrador deve ser indiciado por sequestro e cárcere privado qualificado e porte ilegal de arma de uso restrito. Na saída da casa, ele se limitou a dizer que "era pai e fez isso por causa do filho".

Logo que foi liberada, a criança recebeu atendimento da equipe do Samu e passa bem.

Osmar já cumpriu pena por tráfico de drogas.

Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...
Hospital Universitário de Dourados alerta para golpe do falso médico
Falso médico estaria agindo em nome do HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e nesta segunda-feira entrou em co...



Tenho muita pena desse rapaz ,pois o que será que estava passando na cabeça dele.Que Deus ajude a familia dele e seu filho para que não tenha um trauma por tudo que ele passou.
 
sabrina de oliveira pinto martins em 21/05/2011 06:06:43
cachiblema.....tem muito disso aqui em corumba!
 
EMILIO MARCOS em 13/05/2011 11:26:58
Parabens aos policiais do CIGCOE, 100% de negociações no nosso estado são solucionadas com exito!!!!
 
Salame Boy em 13/05/2011 10:50:24
Não acredito que um pai possa agir usando tanta crueldade! Sendo que a criança é inoscente e indefesa.
Orei muito nesse momento, pedi ao Senhor que livrasse a criança e todos os policiais que ali se encontravam.
Parabéns a toda equipe de Segurança Pública ms.
 
Simoni P. Rosa Dias em 13/05/2011 08:31:18
Senhora Jackeline Sayuri, mesmo que alguns os cidadões sejam desprovidos de uma grafia exímia como a da senhora, ou não tiveram muita opurtunidade na vida, são pagadores de impostos e tem liberdade de expressão e de emitirem suas opiniões como a senhora tem, de maneira digna e simplista, como a senhora que grafou errado uma palavra, mas dentro de seu singelismo , meio a uma notícia tão triste e truculenta como esta, mostrou que ainda existe alguem que ora, reza, ou faz uma prece por alguem , mesmo não conhenhecendo pessoalmente, afligiu se por seu semelhante, por isso sugiro a senhora, que use este espaço aqui para fazer o mesmo, opinar, formar opiniões contrárias, elogiar ou critica las, mas não o corpo da mensagem, a grafia, eu mesmo na maioria das vezes escrevo errado, por agum problema de teclado, pressa ou mesmo falta de atenção, isto aqui é um veiculo popular de notícias, não um trabalho científico, valha me Deus.
 
Gustavo Cesar em 13/05/2011 04:05:09
Que este pai não teve ações de pai ficou bem claro , mas eu acho que para opinar antes de tudo ela precisa aprender a escrever ...´´Sendo que a criança é inoscente´´
Geralmente as pessoas acham errado e não acham argumentos bons o suficientes e saem falando qualquer coisa que vem em mente...
 
Jackeline Sayuri em 13/05/2011 02:28:58
Porque esse animal nao sequestra a sogra, tenho certeza que nao iria haver negociaçao
 
Antonio Garcia em 13/05/2011 02:21:45
Cachiblema...kkkk, tambem ousaria fazer uso dos termos inexistente, cocaínoproblema, ou zucablema, haja vista que este cidadão ja foi apenado por tráfico; Conseguiu deslocar o Dof, o Samu, a Policia Civil, A Força Nacional de Segurança, a PM, nas pessoas de seu batalhão de Corumbá e da CIGCOE, aqui de Campo Grande, observem os senhores o que uma atitude com falta de bom senso gerou, o que não onerou dos cofres públicos, todo este deslocamento, em combustível, depreciação de pneus, conta com as operadoras de telefone móvel, por que a Polícia precisa fazer uso destes, diárias dos Policiais deslocados aqui da Capital, alimentação, observem a própria Lei mal legisferada trabalhando contra ela mesma, esta Lei que facilita a vida destes estereótipos e os devolve para sociedade, com intuito de não gastar com a máquina carcerária, com a educação, de uma maneira ou de outra, toda esta operação foi feita as expensas dos cofres publicos e do cidadão de bem e trabalhador, fica aí o exemplo a lei contra a própria Lei.
Quem é responsável por eleger o legisferador?
 
Gustavo Cesar em 13/05/2011 01:00:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions