A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

16/08/2015 10:29

Homem morre com tiro no peito após briga com esposa e filho

Viviane Oliveira

O indígena Lourenço da Silva, 51, anos morreu com tiro no peito após briga com a esposa e o filho no final da tarde de ontem (15), na Aldeia Jaguapiru, em Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Traficantes usam camiseta e livro de orações para despistar a polícia
Sem receber, servidores acusam sindicato de conivência com prefeitura

De acordo com boletim de ocorrência, a vítima foi socorrida pelo filho, Simar Reginaldo da Silva e levada até o Hospital da Missão Caiuá, onde já chegou morto, conforme a equipe de enfermagem da unidade.

Em depoimento, Sidnei Reginaldo da Silva, irmão de Simar, que estava no momento da briga contou que o pai chegou em casa bêbado junto com uma pessoa conhecida por Paraguai e começou a discutir com a mãe, Ester Reginaldo da Silva.

Sidnei, então, pegou sua moto e foi levar Paraguai até a casa dele e quando voltou viu a mãe sendo agredida pelo pai. Quando Lourenço percebeu a aproximação do filho foi para cima dele com a arma em punho. Os dois começaram a lutar e caíram no chão. Na queda, o pai acabou atirando em si mesmo, conforme depoimento de Sidnei à polícia.

Ester confirmou a versão do filho. Ela relatou ainda que há 10 anos o marido a agredia fisicamente. Ontem, ela foi ferida a chutes, socos no rosto e a golpes de faca na mão. A polícia apreendeu na casa uma garrucha calibre 22. O caso foi registrado como morte a esclarecer na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions