A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

29/05/2015 12:05

Homem morto pela ex-mulher não tinha passagens pela polícia, segundo delegado

Liana Feitosa

Edivaldo Pereira da Silva, 26 anos, morto com quatro tiros pela ex-mulher, Rosely Araújo Barretos, de 32, não tinha passagens pela polícia. De acordo com o delegado que investiga o caso, Luiz Quirino, apenas um boletim de ocorrência, de violência doméstica, havia sido registrado contra o acusado.

Veja Mais
Cansada de apanhar, mulher toma revólver e mata ex-marido com 4 tiros
Vereador é internado após AVC e boatos de morte causam confusão

"Rosely registrou há menos de um mês um boletim contra Edivaldo por pertubação da tranquilidade. Agora estamos apurando o caso para verificarmos se Rosely agiu em legítima defesa ou qual foi a motivação do crime", explica o delegado.

Ela matou o ex-marido por volta das 18h desta quinta-feira (28), em Nova Andradina, a 300 quilômetros de Campo Grande, após disparar quatro tiros contra ele na casa onde mora, no Bairro Morada do Sol.

Ele chegou a ser socorrido, mas morreu pouco depois de dar entrada no Hospital Regional da cidade. A mulher está foragida e é procurada pela polícia não apenas de Nova Andradina. "Todas as polícias já foram avisadas, inclusive a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a PMR (Polícia Militar Rodoviária), mas até o momento a passagem dela foi registrada em nenhuma estrada", detalha Quirino.

Detalhes - De acordo com o delegado, vai ser instaurado inquérito para tentar levantar mais testemunhas do relacionamento do casal. Inclusive, a polícia quer saber de quem realmente era a arma utilizada no crime, já que as informações são de que o revólver era de Edivaldo.

A polícia analisa a hipótese de que Edivaldo, segundo uma testemunha, teria tentado disparar contra Rosely, mas a arma falhou. No meio da confusão, a mulher conseguiu pegar a arma e disparar contra o homem.

A acusada é mãe de três filhos, frutos de outros relacionamentos, mas viveu relacionamento com Edivaldo por oito anos. Rosely é mais de duas meninas, uma de 16 e outra de 10, e um menino de 15 anos.

As crianças estão sob os cuidados da avó, mãe de Rosely, até que o caso seja esclarecido.

Cansada de apanhar, mulher toma revólver e mata ex-marido com 4 tiros
Cansada de ser agredida, Rosely Araújo Barretos, 32 anos, é suspeita de ter matado com quatro tiros o ex-marido, Edivaldo Pereira da Silva, 26 anos. ...
Dupla é presa e confessa ter matado homem a pedradas e garrafadas
A Polícia Civil de Anastácio, cidade a 135 quilômetros de Campo Grande, prendeu na última quarta-feira (07), dois suspeitos de terem cometido um homi...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions