A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

29/01/2014 19:05

Homem que atropelou e matou idosa em Dourados, se apresenta à polícia

Filipe Prado
Com o impacto, a idosa atingiu o para-brisa do carro (Foto: Dourados News)Com o impacto, a idosa atingiu o para-brisa do carro (Foto: Dourados News)

Após atropelar, matar idosa e depois fugir, motorista da Saveiro se apresentou hoje (29) à polícia de Dourados. O acidente aconteceu no dia 23 na rotatória que liga Dourado, Ponta Porã e Campo Grande, próximo ao Hotel 10.

Veja Mais
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
Missão conjunta irá apurar violações de direitos humanos com índios de MS

De acordo com o site Dourados News, Clésio Siqueira Schnorr, 31 anos, mora em Campo Grande e relatou que fazia a rota sentido Campo Grande a Dourados, quando viu Maria Chaves Gonçalves, 84, parada no acostamento. De repente ela tento atravessar a pista e Clésio não conseguiu desviar da senhora, perdeu o controle e saiu da via.

Ele afirmou parar o carro e procurar a mulher, mas não conseguiu encontra-lá, quando tentou sair do local,percebeu que a senhora estava embaixo do seu carro. Clésio ligou para o Corpo de Bombeiros, que o orientou a ficar no local.

Mas, conforme o site, o condutor do veículo ficou com medo das ameaças das pessoas que pararam no local e deixou o local.

Clésio irá responder o homicídio em liberdade. O celular do condutor foi recolhido para analise da perícia, para constatar a ligação para os bombeiros, senão ele poderá responder por omissão.

Caso - A vítima estava a pé indo visitar o filho, quando foi atropelada por um veículo Saveiro, de cor prata, que fazia sentido Campo Grande/Dourados. Ele perdeu o controle e a arrastou por quase 50 metros, em uma estrada sem asfalto.

Conforme a Polícia, a mulher foi atingida pela lateral do carro e com impacto foi jogada para cima do para-brisa. A vítima caminhava pelo acostamento e foi arrastada por quase 50 metros.
A idosa morreu antes da chegada do Corpo de Bombeiros.

Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...
Hospital Universitário de Dourados alerta para golpe do falso médico
Falso médico estaria agindo em nome do HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e nesta segunda-feira entrou em co...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions