A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

16/07/2015 09:28

Hospital pede prazo e greve de enfermeiros é suspensa por 6 horas

Greve começaria às 7h, mas superintendência do Hospital Evangélico pediu prazo até às 13h para tentar pagar salários de junho

Helio de Freitas, de Dourados
Na esperança de receber salários de junho, enfermeiros do Hospital Evangélico suspenderam greve até às 13h desta quinta (Foto: Eliel Oliveira)Na esperança de receber salários de junho, enfermeiros do Hospital Evangélico suspenderam greve até às 13h desta quinta (Foto: Eliel Oliveira)

A greve dos profissionais de enfermagem do Hospital Evangélico, localizado em Dourados, a 233 km de Campo Grande, foi suspensa por seis horas. A direção do hospital pediu prazo até às 13h desta quinta-feira para pagar os salários de junho. A paralisação foi aprovada em assembleia na segunda-feira.

Veja Mais
Enfermeiros do HE fazem paralisação e aprovam greve a partir de quinta-feira
Sem receber, enfermeiros do Evangélico fazem paralisação segunda-feira

Lazaro Santana, presidente do Siems (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul), disse nesta manhã ao Campo Grande News que o pedido de suspensão da greve foi feito ontem à tarde pelo superintendente do hospital, Eliezer Branquinho.

“Ele informou que existe possibilidade de o hospital conseguir os recursos para pagar os salários ainda na manhã de hoje e os enfermeiros decidiram suspender a greve até às 13h. Se o pagamento for feito o pessoal continua trabalhando normalmente. Caso contrário, entram em greve por tempo indeterminado”, afirmou o sindicalista.

O Evangélico é particular, mas presta atendimento de alta complexidade através do SUS (Sistema Único de Saúde) a pacientes de 30 municípios da Grande Dourados. A instituição é credenciada para atendimento de oncologia, cardiologia e nefrologia (rins).

São pelo menos 250 profissionais de enfermagem que trabalham no local. De acordo com o sindicato, os atrasos ocorrem todos os meses desde o ano passado.

Na segunda-feira o hospital informou aos funcionários que a esperança era o repasse dos recursos encaminhados pelo Ministério da Saúde pelo atendimento de alta complexidade. O dinheiro é pago ao hospital pela prefeitura, mas a Secretaria Municipal de Saúde informou que o repasse está em dia. O pagamento é feito com base nos atendimentos do hospital.

Dupla armada invade madeireira e rouba dinheiro do pagamento de funcionários
Dois homens armados invadiram uma madeireira e roubaram R$ 15 mil por volta das 15h30 de ontem (9) no Distrito Industrial de Dourados - distante 233 ...
Homem tem carro roubado por assaltantes armados na MS- 289
Assaltantes armados renderam o condutor de um veículo modelo Vectra e roubaram o carro por volta das 23h desta sexta-feira (9) na MS-289, em Amambai ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions