A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

11/10/2011 15:57

Idosa e dois homens que aplicavam golpe do "bilhete premiado" são presos em MS

Paula Vitorino
Polícia divulgou fotos dos golpistas para identificar mais vítimas. (Foto: Reprodução)Polícia divulgou fotos dos golpistas para identificar mais vítimas. (Foto: Reprodução)

Dois homens e uma mulher idosa acusados de aplicar golpes do “bilhete premiado” foram presos em Mato Grosso do Sul, após perseguição na região de Selvíria. A Polícia Civil de São Paulo divulgou a foto do trio para identificar outras possíveis vítimas em cidades de MS e São Paulo.

Iranildo Costa de Freitas, de 28 anos, Eder Clemente da Silva, de 35 anos, e Osória Peres, de 64 anos, foram presos em um posto de combustível na BR-158, entre Selvíria e Três Lagoas (MS), após aplicarem um golpe em Ilha Solteira.

A polícia de Selvíria foi acionada e iniciaram o cerco aos marginais que estavam em um veículo Cross Fox. Iranildo e Eder foram localizados em um posto de combustível, próximo à ponte do Rio Sucuriú. A idosa foi localizada escondida na sede de uma fazenda, distante cerca de 400 metros de onde se encontravam seus comparsas.

Os três aplicavam o golpe usando Osória para se passar como uma idosa analfabeta e que estava com um bilhete premiado em mãos. Ela pedia ajuda para a suposta vítima e prometia uma gratificação caso ela ajudasse a receber o prêmio.

No último golpe aplicado contra uma mulher em Ilha Solteira, o trio levou R$ 1,5 mil e, não satisfeitos, ainda furtaram a bolsa da vítima contendo dinheiro, um celular e documentos.

(Com informações do site Rádio Caçula)

Prefeitura perde na Justiça e terá que pagar retroativos a professores
Em decisão tomada por unanimidade pelos desembargadores da 1ª Câmara Cível do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a prefeitura de Ivin...
Após relato sobre caça e extração ilegal de madeira, PMA apreende arma
Após receber denúncias de extração ilegal de madeira e caça ilegal sendo praticadas em Ivinhema - município localizado a 282 km de Campo Grande -, um...
Falso médico é acusado de matar paciente em hospital do interior
O MPE (Ministério Público Estadual) denunciou à Justiça e pediu a prisão do falso médico Marx Honorato Ortiz. Ele teria atuado no Hospital Municipal ...



Esse é um crime em que basicamente não existe vitima, os dois lados são farinha do mesmo saco ,um é trambiqueiro o outro é desonesto e procura levar vantagem
 
ALMIRO PEREIRA DE SOUZA em 12/10/2011 10:15:15
Só cai no golpe pessoas desonestas querendo tirar proveito de outras pessoas ignorantes
 
Luiz Carlos Barbosa em 11/10/2011 07:52:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions