A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

23/02/2012 21:00

Idosa é encontrada morta, com marcas de espancamento e violência sexual

Elverson Cardozo

Corpo da vítima foi encontrado dentro uma casa localizada na Vila Piloto, em Três Lagoas

Idosa foi encontrada nua, ao lado de uma cama. (Foto: Cesar Esquibel)Idosa foi encontrada nua, ao lado de uma cama. (Foto: Cesar Esquibel)

Alzira Antônia Farias, de 61 anos, foi encontrada morta dentro da própria casa, na tarde desta quinta-feira (23), no bairro Vila Piloto III, em Três Lagoas, município distante 338 quilômetros de Campo Grande. A vítima apresenta marcas de espancamento. A suspeita de que a idosa também tenha sido estuprada não foi totalmente descartada.

Segundo informações da PM (Polícia Militar), a vítima foi encontrada nua, ao lado de uma cama, dentro de um dos quartos da residência, localizada na rua Taufic Farran, por volta das 15h.

A idosa estava sem comunicar com familiares há três dias. A ausência levantou suspeita. Hoje, parentes foram à casa onde ela morava com um filho e um neto e encontram o imóvel fechado, exalando forte odor e cercado de moscas.

Após arrombarem a porta principal e de um quarto, encontram a mulher. Segundo peritos criminais, a causa da morte por ter sido um traumatismo craniano. A idosa apresentou grande ferimento na cabeça.

No local foi encontrada um botijão de gás com a mangueira cortada. A casa foi isolada para perícia. O corpo de Alzira Antônia foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) da cidade.

Segundo divulgou o site Rádio Caçula, o neto e um filho da idosa – que moravam com ela na mesma casa – são apontadas como suspeitos pela polícia. Eles não foram localizados.

A suspeita de que a idosa foi vítima de violência sexual não foi descartada. Material para perícia já foi recolhido, como noticiou o portal de notícias Perfil News.

Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...
Médico nega que tenha abandonado pacientes e diz que foi autorizado a sair
O médico Carlos José da Costa Duran, de 41 anos, nega que tenha abandonado o plantão no hospital e maternidade Idimaque Paes Ferreira, o único em Rio...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions