A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

16/07/2012 09:53

Idoso é morto pelo colega e fica com faca cravada no tórax

Nadyenka Castro

Vítima também foi degolada. Autor falou sobre o crime ao responsável pela fazenda e fugiu

Durante discussão sobre dívida, Manoel Pereira dos Santos, 62 anos, foi morto a facadas, na noite desse domingo, em uma fazenda de São Gabriel do Oeste, município que fica a 140 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com registro policial, ele e Osni dos Santos, 41 anos, ingeriam bebidas alcoólicas no alojamento onde moravam e em um determinado momento discutiram sobre uma dívida de R$ 20.

Segundo boletim de ocorrência, Osni pegou a faca de Manoel e deu vários golpes. Um causou corte profundo na garganta, degolando Manoel. Em outro golpe, a faca ficou cravada no tórax do trabalhador.

Osni Santos contou sobre o crime ao responsável pela fazenda dizendo “que havia feito uma besteira”, ligou para a namorada e fugiu. Ele ainda não foi localizado.

Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
Um trabalhador rural identificado como Abmael Fernandes dos Santos, de 30 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (7) ao ser atingido por um raio en...
Autores de 'arrastão' são presos após perseguição de moto; veja o vídeo
"Desculpem os palavrões, mas há situações em que a gentileza não é prioridade". Assim a Getam (Grupamento Especial Tático de Motos) publicou nesta qu...



quanta violência
seu Manoel era um homem de familia, criou todos os filhos muito bem...
sempre trabalhou em fazenda ja estava bem debilitado, magrinho, fraco a vontade dos filhos é que ele viesse embora mas não aceitava morar na cidade, Esse cara foi um monstro, mas a justiça de Deus é certa ela não falha.
 
Jeanes camargo em 16/07/2012 10:29:58
Manoel Pereira dos Santos, era o 'nosso' Pará! Vi meus filhos crescerem andando atrás dele na fazenda... prá lá e prá cá! Era amigo, companheiro, e zelava por todos nós! Amava a fazenda e nem em brincadeira pensava em ir embora! Pará era um homem alegre, educado e que adorava o 'mato', como ele mesmo dizia! Cidade é coisa que 'prá mim não serve mais'! Descanse com Deus amigo! Você vai fazer falta!
 
Ana Cláudia Duarte Ferreira em 16/07/2012 03:34:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions