A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

08/03/2011 09:05

Ilhadas por enchente, mais 8 famílias serão removidas em Aquidauana

Aline dos Santos
Rio Aquidauana está sete metros acima do normal. (Foto: Rhobson T. Lima) Rio Aquidauana está sete metros acima do normal. (Foto: Rhobson T. Lima)

Ilhadas pela enchente do rio Aquidauana, mais oito famílias serão removidas nesta terça-feira pelo Corpo de Bombeiro e Defesa Civil. A remoção será na região do Buritizal, que concentra chácaras nas imediações da cidade de Aquidauana, a 135 km de Campo Grande.

O acesso é possível somente por barco, mas as famílias relutavam em deixar as casas. O grupo deve ser levado para a escola Cândido Mariano e o ginásio. Até ontem, Aquidauana contabilizava 244 desabrigados devido à enchente.

O rio está com mais de 10 metros de altura, 7 metros acima do normal. Como a régua de medição foi levada pelas águas, já não é mais possível medir a altura exata do rio.

Ontem, o prefeito de Aquidauana, Fauzi Suleiman (PMDB), anunciou que vai decretar estado de emergência no município. O rio impede a passagem pelas duas pontes – a velha e a nova – que ligam a cidade à vizinha Anastácio.

O Exército montou uma passarela na rua Teodoro Rondon. Quase que diariamente a extensão da passarela tem que ser ampliada devido à cheia crescente no rio.

De acordo com o Corpo de Bombeiro, a enchente já atingiu toda a parte baixa da cidade.

Ontem, a ponte, na região de Piraputanga, na divisa com o município de Dois Irmãos do Buriti, foi levada pelas águas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions