A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

06/10/2012 08:31

Indígena morre após receber facadas durante briga por carteira desparecida

Paula Vitorino

O indígena Claudino Modesto, 46 anos, morreu esfaqueado durante briga na aldeia Jaguapirú, em Dourados. O motivo do conflito seria o desaparecimento da carteira do acusado do crime, Armando Ximenes Benites, 62 anos.

Veja Mais
Pecuarista é multado em R$ 15 mil por desmatar 14 hectares de fazenda
Com investimento de R$ 650 milhões, cooperativa lança duas unidades em MS

Segundo o site Dourados Agora, os dois estavam na casa da vítima, ingerindo bebidas alcoólicas e conversando. Armando havia deixado sua carteira com R$ 70 e documentos pessoais sobre uma banqueta, porém, por motivos desconhecidos, o objeto caiu debaixo da banqueta sem que ele percebesse.

Sem encontrar a carteira, Armando se exaltou e começou a acusar a filha de Claudino, dizendo que ela havia cometido furto. Teve início uma discussão, mas logo em seguida a carteira foi encontrada, o que inflamou ainda mais os ânimos de ambos, que iniciaram briga.

Armando desferiu três golpes da faca na região do tórax de Claudino, que não resistiu e morreu na hora. A Força Nacional prendeu o autor, que confessou o crime e foi encaminhado à Delegacia, sendo autuado em flagrante por homicídio.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions