A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

29/08/2011 17:57

Indígena tinha tuberculose e pode ter morrido por insuficiência respiratória

Paula Maciulevicius

Polícia já prendeu três suspeitos de envolvimento na morte

A indígena encontrada morta na manhã de hoje, na aldeia Bororó em Dourados, tinha tuberculose e pode ter morrido por insuficiência respiratória. As informações preliminares do IML apontam que as causas podem ter sido também por intoxicação alcoólica aguda.

Inicialmente o caso estava sendo tratado, como abuso sexual, seguido de assassinato, porque Celina Benites Amarilha, de 38 anos, estava sem as roupas de baixo.

Segundo o site Dourados News, a delegada do caso Andréia Alves Pereria, solicitou juntamente ao IML de Dourados, uma exame para que seja comprovada a violência sexual. A suspeita da delegada, se deu após a Polícia deter três indígenas que podem estar relacionados a morte de Celina.

Os fatos ainda estão sendo apurados pela Polícia.

Indígena é encontrada morta e suspeita é que tenha sido estuprada
Corpo foi encontrado por criança em aldeia alvo de policiamento da PFA indígena Celina Benites Amarilha, 38 anos, foi encontrada morta por volta das...
Apuração no HR conclui que não houve 'falha ética' em mortes no local
Uma investigação interna realizada pela direção do HR (Hospital Regional) de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande para apurar a mo...
Carreta da Justiça oferecerá serviços a partir do próximo dia 13
Carreta da Justiça, programa do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) que oferece serviços do judiciário de forma gratuita, chegará ao mun...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions