A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

08/05/2012 08:17

Índios bloqueiam novamente a rodovia MS-156, em Dourados

Francisco Júnior
Lideranças querem a presença de um representante do governo. (Foto: Hédio Fazan)Lideranças querem a presença de um representante do governo. (Foto: Hédio Fazan)

Indígenas Terenas voltaram a bloquear a rodovia MS-156, em Dourados, que dá acesso a Itaporã, Maracaju e Sidrolândia, na manhã desta terça-feira (8). Ontem, eles já haviam fechado a rodovia.

Veja Mais
Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
Pistoleiro morre baleado durante confronto com a polícia do Paraguai

Os condutores de veículos de passageiros e cargas que vêm de Itaporã estão sendo obrigados a fazer o retorno nas aldeias para chegar a Dourados.

No sentido contrário, a rota para desviar do bloqueio é seguir pelo Anel Rodoviário (à esquerda) até a Avenida Guaicurus e a Placa do Abadio, até Itaporã e adjacências. A Força Tática está posicionada na rotatória do Anel Rodoviária, orientando condutores.

Segundo o líder terena, Celso Mamede, a estrada vai continuar bloqueada até a chegada de algum representante do Governo do Estado.

De acordo com o site Douradosagora, os indígenas estão revoltados com a situação das estradas vicinais que cortam as aldeias Bororó e Jaguapiru.Eles alegam que o governo não cumpriu um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) firmado há cerca de um ano e meio, que prevê manutenção nas estradas vicinais ao menos duas vezes ao ano.

O líder informou que em ambos os sentidos da MS-156, seja de Itaporã a Dourados e vice-versa, não vai passar nenhum veículo. Exceção feita a ambulâncias, bombeiros, polícia, entre outras viaturas que levam serviços essenciais às comunidades nas aldeias.

Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...
Médico nega que tenha abandonado pacientes e diz que foi autorizado a sair
O médico Carlos José da Costa Duran, de 41 anos, nega que tenha abandonado o plantão no hospital e maternidade Idimaque Paes Ferreira, o único em Rio...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions