A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

09/04/2011 09:30

Índio denuncia sucateamento de ambulâncias da Funasa em Miranda

Aline dos Santos

“O transporte da aldeia para ir ao hospital da cidade está muito péssimo. Acaba matando o paciente”.

A reclamação é do índio terena Izidio Albuquerque, de 61 anos, morador da aldeia Cachoeirinha, em Miranda.

Segundo ele, a ambulância da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) – um Fiat Uno adaptado – está com pneus carecas e problemas na lataria.

“É um veículo só para atender quase 10 aldeias. Tem velho, tem gestante”, relata. A Cachoeirinha fica a 15 quilômetros de Miranda.

“Às vezes, prefiro pagar R$ 25 e ir de táxi”, afirma. Ontem, Izidio tentou registrar reclamação. “Mas não achei o responsável”.

Decreto de outubro do ano passado estipulou prazo de 180 dias para que o Subsistema de Atenção à Saúde Indígena migrasse da Funasa para o Ministério da Saúde.

Na tarde de ontem, o Campo Grande News tentou conversar com os responsáveis pela Funasa em Miranda, mas a informação foi de que a equipe estava viajando pela região.

Dois homens são presos por suspeita de estupro de adolescentes
Dois homens foram presos por estupro de vulnerável em Laguna Carapã, 287 km de Campo Grande. Eles têm 28 e 24 anos e teriam tido relação sexual com a...
Dupla armada invade madeireira e rouba dinheiro do pagamento de funcionários
Dois homens armados invadiram uma madeireira e roubaram R$ 15 mil por volta das 15h30 de ontem (9) no Distrito Industrial de Dourados - distante 233 ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions