A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

13/12/2012 11:01

Índio é achado morto em matagal perto de avenida

Paula Maciulevicius
Corpo foi encontrado nesta manhã, mas sem sinais de violência aparentes. (Foto: Vilson Nascimento/A Gazeta News)Corpo foi encontrado nesta manhã, mas sem sinais de violência aparentes. (Foto: Vilson Nascimento/A Gazeta News)

A Polícia Civil está investigando a morte de um indígena de aproximadamente 40 anos. O corpo foi encontrado no início desta quinta-feira pela vizinhança, que acionou a Polícia.

Veja Mais
Pecuarista é preso suspeito de ter mandado matar amante da esposa
Só este ano, 36 estrangeiros foram à PF em Corumbá para pedir refúgio

Segundo o irmão da vítima ao jornal A Gazeta News, Aristeu Vasque não tem residência fixa. O corpo estava em um matagal às margens da avenida Nicolau Otano, próximo à saída para Aral Moreira, na região da Vila Varocopa.

Equipes das polícias, Civil e Militar de Amambai estiveram no local realizando os levantamentos de praxe. Uma equipe da SESAI (Secretaria Especial da Saúde Indígena) do pólo de Amambai, também esteve no local acompanhado o caso.

A vítima não apresentava sinais aparentes de ferimento, o que indica que a morte pode ter ocorrido de causas naturais. Tese que é reforçada pelo irmão do indígena, que afirmou à Polícia que Aristeu vinha sofrendo com problemas de saúde.

O local onde o corpo de Aristeu foi encontrado é frequentado por indígenas que vem das aldeias para a cidade e sem lugar para passar a noite, acabam montando acampamento ao relento, pernoitando sob as arvores. (Com informações do jornal A Gazeta News)




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions