A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

14/10/2013 15:17

Índios prometem invadir área de 7,2 mil hectares; polícia federal está no local

Luciana Brazil

Os 300 índios da etnia terena, da aldeia Moreira, que ocupam desde quarta-feira (9) uma área de 3,2 mil hectares, em Miranda, prometem invadir mais 7,2 mil hectares, caso a demarcação de terra não seja apresentada hoje (14) por uma equipe da Funai (Fundação Nacional do Índio).

Veja Mais
PF investiga suposto atentado contra índios que invadiram fazendas
Índios denunciam que foram alvo de disparos na madrugada de hoje

Desde sexta-feira (11), duas viaturas e oito homens da Polícia Federal acompanham de perto a invasão. Na quinta-feira (10), índios e produtores rurais teriam entrado em conflito, segundo indígenas.

O grupo alega que as demarcações já tiveram início, mas não foram concluídas. A área invadida pelos indígenas abriga várias chácaras, entre elas a Esperança e a Trator Mil, com 11 hectares.

“Nós já fomos enganados uma vez, quando o estudo das terras deveria vir, mas ‘pisaram’ em nós. Vamos esperar até hoje, senão vierem, vamos invadir outra área”, disse o indígena Paulino Terena.

Segundo os índios, a área de 7,2 mil hectares, que eles prometem invadir, abrange pelo menos cinco propriedades rurais e fica em frente às terras já ocupadas.

Nesta área está localizada a fazenda Jambeira, do ex-governador do Estado Pedro Pedrossian. Na semana retrasada a fazenda do filho de Pedrossian também foi invadida.

PF investiga suposto atentado contra índios que invadiram fazendas
A Polícia Federal está na região onde indígenas e fazendeiros entraram em conflito nesta madrugada (10) na chácara Trator Mil, em Miranda. Cerca de 3...
Índios denunciam que foram alvo de disparos na madrugada de hoje
Índios e fazendeiros entraram em conflito na madrugada de hoje (10) na chácara Trator Mil, em Miranda, depois que cerca de 300 indígenas invadiram a ...
Mais de 300 índios invadem fazenda próximo a Miranda
Cerca de 300 índios da etnia terena, da aldeia Moreira, invadiram no início da manhã de hoje (9), por volta das 5 horas, a fazenda Trator Mil de 3,2 ...
Pela segunda vez no ano, índios invadem fazenda do filho de Pedrossian
A fazenda São Pedro do Paratudal, em Miranda,foi invadida por indígenas na noite desta quinta-feira (3). É a segunda vez no ano que a propriedade, qu...



Um absurdo isso,quem produz e comprou as terras não tem direito a nada; o único direito é perder o patrimônio e os anos de serviço na terra. Dai vem alguns ( índios, que até pouco tempo moravam na cidade e se dizem donos e o GOVERNO CONCORDA COM ISSO.) O engraçado é que a etnia TERENA ELA É DO PERU E ESTA NO BRASIL A DUZENTOS ANOS E SE DIZEM DONOS DE UM MONTE DE TERRAS DOS SEUS ANCESTRAIS. Que ancestrais são esses?
 
Daison Ramos saldanha em 14/10/2013 18:44:30
Engraçado, 300 indios querem mais 7200 ha de terrra, vao fazer o q com tudo isso???? So pq teve um " estudo" da Funai dizendo que era dos ancestrais????? Entao faz o segte: devolve tudo, pois onde fizer tal " estudo" tera marcas dos mesmos. Pois , afinal so tinha indio aqui qdo o BR foi descoberto. E pra acaba mesmo...................
 
Roberto Silva em 14/10/2013 15:58:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions