A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

22/07/2014 18:12

Iridologo é detido por aviar receitas e comercializar produtos em igreja

Caroline Maldonado

Um iridologo foi autuado pelo crime de exercício ilegal da medicina em Glória de Dourados, a 265 quilômetros de Campo Grande. O homem de 55 anos, segundo a polícia, aviava receitas e comercializava produtos, no salão paroquial da Igreja Católica Nossa Senhora da Glória, no centro da cidade, nesta manhã. Segundo a polícia, ele foi detido para esclarecimentos e responderá em liberdade ao processo, que pode resultar em prisão de 6 meses a um ano, além de multa.

Veja Mais
Pistoleiro executa morador em acerto de tráfico de drogas na fronteira
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS

De acordo com a Polícia Civil da cidade, o homem foi flagrado quando atendia pessoas e entregava medicamentos fitoterápicos. Foi apreendida uma sacola com as substâncias. O suspeito era investigado pelo MPE ( Ministério Público Estadual), por aviar receitas não sendo médico. O órgão requisitou a investigação da polícia local.

Segundo a polícia, dentre os medicamentos fitoterápicos apreendidos, estavam amora branca, prímula e outros que contém conta-indicações.

Três pessoas que consultaram com o iridologo foram identificadas e ainda serão ouvidas pela polícia. As mulheres informaram que pagaram entre R$ 190 e R$ 200 pelos medicamentos. Ivanir alegou que não estava aviando receitas, apenas entregando os produtos.

O suspeito acrescentou que fez curso de iridologia psicossomática e estava fazendo doações dos medicamentos. Segundo a polícia, Ivanir é natural de Xanxere, município de Santa Catarina, atualmente mora em Ivinhema, mas faz constantes visitas a Glória de Dourados, pois tem uma filha que reside na cidade. O caso será julgado no Juizado Especial Criminal.

Iridologia - O iridologista é aquele que estuda o ser humano por meio da iris ocular. Disfunções do organismo, genéticas ou adquiridas podem ser percebidas pela avaliação da íris, na perspectiva da iridologia.

Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...
Hospital Universitário de Dourados alerta para golpe do falso médico
Falso médico estaria agindo em nome do HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e nesta segunda-feira entrou em co...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions