A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

18/09/2014 15:07

Jovem acusa funcionária de creche municipal de injúria racial

Priscilla Peres

Uma jovem de 21 anos registrou boletim de ocorrência alegando ser vítima de injúria racial. O caso aconteceu ontem em Cassilândia - distante 355 km de Campo Grande, e a suspeita do crime seria uma funcionária de creche do município.
De acordo com informações do boletim de ocorrência, a jovem estava com uma amiga próximo a um supermercado quando a acusada teria dito em voz alta "Ô negra safada".

A amiga da vítima perguntou se era com elas e a jovem disse que não devia ser, porém a mulher parou logo à frente e a amiga da vítima perguntou a ela: "É conosco que a senhora está falando?" A mulher teria respondido, "Não é com você não, é com essa negra safada, sem vergonha".

A jovem perguntou à suspeita o por que dos insultos e ela disse que era porque a vítima havia procurado a diretora de uma creche, onde ela trabalha, para fazer uma reclamação e "fazer inferno em sua vida".

Em depoimento a polícia, a vítima disse que o fato durante a Copa do Mundo, quando ela deu um copo personalizado para seu filho de 4 anos, e esta funcionária não gostou, dizendo que aquele copo" era só para dar trabalho". Um dia, a criança esqueceu o copo na sala de aula e a vítima retornou à escola pedindo para pegar. A funcionária não teria gostado da situação, pegou na mão da criança e apertou dizendo: "tá vendo como esse copo só traz problema".

Diante disso, a vítima realmente procurou a diretora. Ontem, após as ofensas, a jovem disse que iria procurar seus direitos na Delegacia e a mulher teria respondido que 'se procurasse a polícia, a vítima não sabia do que ela era capaz de fazer com o filho dela'.

Após isso, a vítima se dirigiu até a residência da diretora para contar o ocorrido e se surpreendeu com a atitude da mesma quando lhe disse que não poderia fazer nada, pois se tratava de uma briga de rua.

A vítima pede providências pois teme pela integridade física de seu filho. (Com informações do site Cassilândia News)

Quadrilha é presa acusada de roubo a joalheria; funcionária é suspeita
Uma quadrilha formada por 10 pessoas foi desarticulada pela Polícia Civil de Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, após investigações de roubo a ...
Detentos são flagrados com celular cheio de vídeos de sexo com criança
Agentes penitenciários encontraram um celular contendo cenas de sexo com uma criança, na cela onde estão presos Luis Felipe Barbosa dos Santos, 19 an...
Dupla rende funcionários de mercado e foge levando carro e dinheiro
Funcionários de um supermercado localizado no centro de Três Lagoas, distante 338 km de Campo Grande, foram rendidos por dois bandidos armados. Viole...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions