A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

25/06/2014 10:57

Jovem acusado de matar dono de bar e atear fogo em corpo é preso em MT

Viviane Oliveira
Após o crime, Carlos fugiu para o Mato Grosso. (Foto: divulgação/Polícia)Após o crime, Carlos fugiu para o Mato Grosso. (Foto: divulgação/Polícia)

O jovem Carlos Gonçalves, de 22 anos, acusado de matar o comerciante Luis Alberto Rogeski, 59, foi preso na noite de ontem (24), em Alto Taquari (MT). Policiais Civis de Costa Rica, onde o jovem estava com mandado de prisão em aberto, foram até Mato Grosso para buscá-lo.

Veja Mais
Dono de bar é assassinado e tem corpo queimado dentro de casa
Reestruturação em presídio contará com sala de "videoaudiências"

O comerciante Luis morreu assassinado a golpes de faca e teve o corpo queimado na noite de segunda-feira (23). O crime aconteceu na casa dele, que fica na rua Orozina Inácia de Amorim, no bairro Novo Horizonte em Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande. Luis era dono de um bar e morava sozinho no mesmo local. Segundo a Polícia Militar, apenas uma parede separava o estabelecimento da casa de dois cômodos.

O acusado será apresentado em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (25). Carlos é conhecido no meio policial como “homem-aranha”, pois, costuma escalar alturas aparentemente impossíveis para cometer crimes. Ele já foi preso cinco vezes por delitos na cidade.

De acordo com a Polícia Civil, Carlos foi surpreendido pelo proprietário do bar no momento em que tentava furtar o comércio. Para garantir a impunidade, o rapaz matou a vítima a golpes de faca e depois ateou fogo no corpo dele. (Com informações do site Eu Conto Tudo)




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions