A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

22/10/2015 21:35

Juiz concede liminar e livra dono de carro do pagamento da taxa de vistoria

Flávio Paes
Inspeção veicular continua  sendo questionada judicialmente (Foto:Divulgação)Inspeção veicular continua sendo questionada judicialmente (Foto:Divulgação)


O juiz Robson Celeste Candelorio, da Comarca de Nova Andradina, a 300 quilômetros de Campo Grande, concedeu liminar que isenta do pagamento da taxa de vistoria veicular Douglas Valentim dos Santos, que com isto, conseguiu licenciar o seu veículo que tem mais de 5 anos de uso. O magistrado fixou multou diária de R$ 500,00 (até o limite de R$ 5 mil) se o Detran atrasar a liberação do documento.

Veja Mais
Denatran sinaliza que será favorável à manutenção de taxa de vistoria
Juiz extingue ação e mantém taxa de inspeção veicular do Detran

Na ação, o autor alegou que como não recebeu o boleto para quitação do licenciamento anual, acessou o site do Detran para emitir a guia de recolhimento do licenciamento referente ao ano de 2015. Segundo o autor, o site apresentou a seguinte mensagem: "veículo obrigatório fazer vistoria, procurar Detran/MS".

Na sua decisão o juiz Robson Candelorio lembra que a taxa de inspeção veicular foi regulamentada pela Portaria nº 32, de 23 de dezembro de 2014, editada pelo Detran/MS. Porém, em sua decisão o magistrado destaca o artigo 22, inciso XI, da Constituição Federal, segundo o qual “Compete privativamente à União legislar sobre: XI – trânsito e transporte" e cita acórdão do Supremo Tribunal Federal que considerou inconstitucional ato normativo editado pelo Estado do Rio Grande do Sul que instituiu taxa de inspeção veicular.


“Conclui-se, assim, que atualmente, e até a edição de ato normativo pelo órgão federal competente (CONTRAN), os Estados da federação, bem como seus órgãos executivos de trânsito, estão impossibilitados de instituir, cobrar ou exigir a inspeção veicular e sua respectiva taxa”, ressaltou o juiz.


Para fazer a vistoria, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) cobra taxa de cinco Uferms – que em julho e agosto será equivalente a R$ 109,20. Com o desconto de 20%, o valor cai para R$ 87,36 - equivalente a quatro Uferms neste mês.

Detran investiga suspeita de fraudes nas vistorias
Além do setor de exames, o Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito) investiga também fraudes no setor de vistorias. Há suspeitas de facilitação ...
Carreta da Justiça realiza 368 atendimentos na terceira etapa do projeto
Em oito dias de atendimentos da Carreta da Justiça em Taquarussu - município localizado a 332 km de Campo Grande -, o projeto do TJ-MS (Tribunal de J...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions