A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

01/07/2011 16:23

Juiz determina volta para Dourados de policial federal que matou PM

Marta Ferreira

O juiz Tadashi Kuramoto, substituto da 3ª Vara Criminal de Dourados, determinou hoje que o policial federal Lenardo de Lima Pacheco, de 38 anos, que matou um policial militar e feriu outro no dia 8 de maio, volte para Dourados após o dia 13 de julho, quando termina o prazo para o tratamento médico que o agente foi fazer em Belo Horizonte (MG). A decisão do magistrado foi em resposta ao pedido de autorização feito pela defesa de Leonardo para que ele permanecesse por mais de 8 dias na cidade onde vive a esposa, o filho e os pais.

O despacho veio só agora, apesar de o pedido ter sido feito logo após Leonardo ter obtido a liberdade provisória, na semana seguinte ao crime.

O policial alegou que precisava ir para Minas Gerais para se tratar do ferimento a bela que sofreu durante a confusão que resultou na morte do policial Sandro Morel e no baleamento do também PM José Pereira.

O Ministério Público Estadual manifestou-se contrário ao afastamento do policial de Dourados, alegando que a recuperação poderia ser feita na cidade. Para o promotor do caso, Elcio D´Angelo, não fazia sentido Leonardo pedir para ficar próximo da família, uma vez que já vivia longe deles antes do episódio.

O agente está em Belo Horizonte desde o dia 18 de maio, conforme bilhete anexado ao processo. No despacho de hoje, o juiz autorizou a permanência dele na cidade até 13 julho, mas salientou que ele depois disso, ele deve retornar para Mato Grosso do Sul.

Permanecer na cidade durante o andamento do processo foi uma das condições impostas no despacho que concedeu a liberdade provisória,assinado por outro magistrado, Adriano da Rosa Bastos.

A Polícia Federal, em ofício anexado ao processo, afirmou que considera insegura a presença de Leonardo na cidade, mas o juiz que despachou decidiu que ele deve ficar na cidade.




Promotor pensa que é DEUS, JUIZ TEM CERTEZA.
 
Ricardo de Jesus em 01/07/2011 10:46:03
Promotor requer à Justiça que agente que matou PM volte para Dourados
O promotor Elcio D´Angelo requisitou à Justiça, em Dourados, que seja determinado o retorno à cidade do agente da Polícia Federal Leonardo de Lima Pa...
Dois homens são presos por suspeita de estupro de adolescentes
Dois homens foram presos por estupro de vulnerável em Laguna Carapã, 287 km de Campo Grande. Eles têm 28 e 24 anos e teriam tido relação sexual com a...
Dupla armada invade madeireira e rouba dinheiro do pagamento de funcionários
Dois homens armados invadiram uma madeireira e roubaram R$ 15 mil por volta das 15h30 de ontem (9) no Distrito Industrial de Dourados - distante 233 ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions