A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

23/10/2014 15:45

Juiz utiliza técnica especial em depoimento com crianças e adolescentes

Priscilla Peres

A comarca do Tribunal de Justiça em Eldorado - distante 447 km de Campo Grande, implantou um novo sistema para realizar audiências com crianças e nessa semana o utilizou com quatro, sendo duas vítimas e duas testemunhas. O chamado Depoimento Especial já é utilizado em Campo Grande e visa humanizar o modo como crianças são ouvidas.
De acordo com o TJ/MS, esse modelo evita que sejam revitimizadas, ao serem expostas a inquirições em várias etapas da apuração, e passando por situações vexatórias, constrangedoras e intimidadoras, quando a oitiva não respeita idade e grau de maturidade.

Em Eldorado, a pedido do juiz Roberto Hipólito da Silva Jr., uma técnica da Coordenadoria da Infância e da Juventude, devidamente treinada, foi até a comarca e realizou a oitiva. De acordo com o juiz, como na comarca não existe local apropriado para o Depoimento Especial, foram necessárias algumas improvisações – que funcionaram surpreendentemente bem.

Como não existem profissionais treinados na comarca para este tipo de depoimento, neste processo de abuso sexual de crianças, Roberto Hipólito aproveitou para inaugurar o depoimento especial na comarca, nos mesmos moldes de Campo Grande, com apoio profissional da técnica Rosa Pires de Aquino.

“Apesar da falta de estrutura adequada, foi excelente e quero compartilhar isso como sugestão de ampliação do depoimento especial para outras comarcas. Como nos falta profissional qualificado, porque é necessário ser preparado para este trabalho, solicitei junto à CIJ e fui prontamente atendido. Acredito que precisamos zelar para que as vítimas não passem pela revitimização. As crianças se abrem muito mais para a técnica, que utiliza abordagem diferenciada”, acrescentou.

Depoimento Especial - Em Campo Grande, desde junho, existe a Central de Depoimento Especial para auxiliar na oitiva de criança e adolescente vítima ou testemunha de violência, realizando a colheita do depoimento em ambiente separado da sala de audiência, por meio de videoconferência (áudio e imagem), assegurando-se segurança, privacidade, conforto e condições de acolhimento.

O áudio e a imagem do depoimento especial são gravados no SAJ (Sistema de Automação da Justiça), na configuração de sigilo absoluto, sendo o áudio degravado e anexado ao processo.

Frisando ser fundamental a transformação da atual cultura para depoimentos de crianças e adolescentes, o juiz deve enviar ofício à CIJ para que seja feito elogio funcional à técnica, pela qualidade do trabalho, e para o projeto.

Detentos são flagrados com celular cheio de vídeos de sexo com criança
Agentes penitenciários encontraram um celular contendo cenas de sexo com uma criança, na cela onde estão presos Luis Felipe Barbosa dos Santos, 19 an...
Dupla rende funcionários de mercado e foge levando carro e dinheiro
Funcionários de um supermercado localizado no centro de Três Lagoas, distante 338 km de Campo Grande, foram rendidos por dois bandidos armados. Viole...
Após discussão, homem é atingido por golpes de facão e fica em estado grave
José Cláudio dos Santos, 55, está internado em estado grave após ser esfaqueado diversas vezes com um facão. Os golpes foram desferidos por um conhec...
Indígena de 21 anos é assassinado com facada no peito em aldeia
Um indígena de 21 anos foi morto no início da noite desta sexta-feira (20) após ser atingido com uma facada no peito, na aldeia Amambai, em Amambai -...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions