A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2017

07/12/2011 19:20

Justiça autoriza ritual religioso a índios acampados em fazenda de Paranhos

Marta Ferreira

A Justiça Federal autorizou a realização de um ritual religioso entre sexta-feira, dia 9, e domingo, dia 12, na fazenda São Luiz, onde índios guarani-kaiowá estão acampados, em Paranhos. Em litígio, a área já teve três mortes, dos índios Teodoro Recalde, encontrado morto este ano, e dos irmãos Jenivaldo e Rolindo Vera, desaparecidos em 2009.

Só o corpo de Jenivaldo foi encontrado. O MPF (Ministério Público Federal) denunciou seis pessoas pelos crimes.

Indígenas de diversas localidades foram autorizados a entrar na fazenda para o ritual religioso.

O descumprimento pode gerar multa aos proprietários da área, que em setembro também foram obrigados pela Justiça a autorizar o sepultamento de Teodoro Recalde.

A decisão explica que, como os índios estão na posse da terra, por determinação do TRF (Tribunal Regional ) da 3ª Região, os rituais religiosos são considerados inerentes a ela.

O pedido para a realização do ritual foi feito pela Funai (Fundação Nacional do Índio), no processo de reintegração de posse da fazenda, aberto pelos proprietários.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions