A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017

07/12/2011 19:20

Justiça autoriza ritual religioso a índios acampados em fazenda de Paranhos

Marta Ferreira

A Justiça Federal autorizou a realização de um ritual religioso entre sexta-feira, dia 9, e domingo, dia 12, na fazenda São Luiz, onde índios guarani-kaiowá estão acampados, em Paranhos. Em litígio, a área já teve três mortes, dos índios Teodoro Recalde, encontrado morto este ano, e dos irmãos Jenivaldo e Rolindo Vera, desaparecidos em 2009.

Veja Mais
Funcionários de hospital bloqueiam rodovia por atraso em salário
Traficantes abandonam barco com 115 Kg de maconha no rio Amambaí

Só o corpo de Jenivaldo foi encontrado. O MPF (Ministério Público Federal) denunciou seis pessoas pelos crimes.

Indígenas de diversas localidades foram autorizados a entrar na fazenda para o ritual religioso.

O descumprimento pode gerar multa aos proprietários da área, que em setembro também foram obrigados pela Justiça a autorizar o sepultamento de Teodoro Recalde.

A decisão explica que, como os índios estão na posse da terra, por determinação do TRF (Tribunal Regional ) da 3ª Região, os rituais religiosos são considerados inerentes a ela.

O pedido para a realização do ritual foi feito pela Funai (Fundação Nacional do Índio), no processo de reintegração de posse da fazenda, aberto pelos proprietários.

Corpo de homem com marcas de tiros é encontrado boiando no rio Apa
O corpo de um homem ainda não identificado, foi encontrado boiando no rio Apa, por volta de 15h de ontem (16) em Bela Vista, distante 322 km de Campo...
Um dos três detentos que fugiram sábado de presídio é recapturado
Foi recapturado nesta tarde de segunda-feira (16) Willian Ferraz da Silva, de 19 anos, um dos três detentos que fugiram no sábado (14) da Penitenciár...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions