A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

18/10/2013 14:00

Justiça condena ex-prefeito Braz Melo e mais seis por doação irregular de imóvei

Edivaldo Bitencourt

O juiz da 3ª Vara Cível de Dourados, Plácido de Souza Neto, condenou, em sentença do dia 2 deste mês, o ex-prefeito de Dourados, Antõnio Braz Genelhu Melo, e mais servidores por doação de seis terrenos em 1991. Além de serem condenados por improbidade administrativa, os funcionários deverão devolver os lotes doados pela prefeitura.

Veja Mais
Dupla é presa e confessa ter matado homem a pedradas e garrafadas
Pajero com 5 passageiros sai da pista, capota e “sobe” em poste de energia

Conforme a assessoria do MPE (Ministério Público Estadual), a ação civil pública foi apresentada à Justiça pelo promotor Paulo César Zeni.

O promotor denunciou que os terrenos foram doados para servidores que não preenchiam o perfil previsto na lei. Dos sete lotes doados, seis estavam abandonados e apenas um ocupado.

O juiz decretou a anulação das doações, a restituição dos imóveis e a condenação a título de lucros cessantes.
O juiz condenou, além e Braz Melo, Ana Rose Vieira, Carlos Fábio Selhorst dos Santos, Cristiano Stefanello da Silva, Erotildes Maria do Nascimento Barros, Geraldo Pereira Anastácio e José Humberto da Silva por improbidade administrativa.




Antes tarde, do que nunca. demorou apenas 22 anos
 
Eder Gonçalves em 18/10/2013 16:34:55
olha só como é a nossa justiça, confirmada a improbidade feita pelo executiva da época ou seja do século passado, agora que sai a sentença e ainda diz que tem eficiência nossa justiça conforme uma publllicação do CNJ na semana passada, tem que haver uma gestão mais eficiente em nossos tribunais afffffffffffffffffffffffffffff.
 
alexsander dos santos machado em 18/10/2013 14:50:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions