A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

19/03/2014 20:36

Justiça condena homem que espancou jovem até a morte em Deodápolis

Alan Diógenes

O MPE (Ministério Público Estadual) conseguiu através do Egrégio Tribunal do Júri condenar um homem que espancou até a morte um jovem em Deodápolis, a 252 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Justiça bloqueia R$ 2 mi de ex-prefeito, servidores e empresários de Água Clara
Justiça proibe o repasse de informações processuais por telefone ou e-mail

Na época, o crime causou grande repercussão na cidade, diante da brutalidade do ato e frieza do acusado, que logo após matar a vítima, ainda foi a uma festa.

O fato aconteceu no dia 05 de junho de 2010, na esquina da rua Crispiniano da Rocha com a Fanoel do Ouro, em frente ao terminal rodoviário do município.

Pedro dos Santos Teixeira, Dirceu Bitencourt Queiroz, conhecido como "Dirceuzinho" e Wagner da Silva Nascimento, eram integrantes da gangue que atacou as vítimas Sandro Rembi Medina e Marcial de Souza. Sandro morreu no local devido aos golpes desferidos contra ele. Marcial de Souza foi socorrido, e sobreviveu ao ataque.

O MPE por meio da promotora de Justiça, Juliana Martins Zaupa, pediu a condenação de Pedro dos Santos pela prática de homicídio qualificado por motivo fútil e pelo recurso que impossibilitou a defesa da vítima. Ele foi condenado a 16 anos e seis meses de reclusão.

Não foi divulgada pelo MPE, a situação dos demais envolvidos no crime perante a Justiça.

Justiça bloqueia R$ 2 mi de ex-prefeito, servidores e empresários de Água Clara
Um total de R$ 2,016 milhões em bens móveis e imóveis do ex-prefeito de Água Clara, Ésio Vicente de Matos, e outras seis pessoas, entre servidores mu...
Justiça proibe o repasse de informações processuais por telefone ou e-mail
A CGJ (Corregedoria Geral de Justiça) expediu ontem (17) ofício circular a todos os juízes de Direito e chefes de Cartório de Mato Grosso do Sul, det...
Justiça absolve réu acusado de homicídio no Aero Rancho
A juíza substituta da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Ana Carolina Miranda de Oliveira, inocentou, nesta terça-feira (18), o réu Thiago ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions