A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

10/03/2015 20:10

Justiça decreta prisão preventiva de professor detido por pedofilia em Itaporã

Daniel Machado

Na tarde desta terça-feira (10) o delegado da Polícia Civil de Itaporã, Ricardo Meirelles, anunciou que a prisão preventiva contra o professor acusado de pedofilia e que foi preso na última sexta (6) foi expedido pela justiça.

Veja Mais
Jovem cai em golpe de recarga premiada e deposita R$ 20 mil para estelionatário
Lagoa transborda com temporal e alaga casas e ruas de cidade de MS

O professor de 37 anos, que acariciava suas vítimas dentro de sala de aula, é acusado de estupro de vulnerável por ato libidinoso.

Segundo o site Itaporã News, ele já estava sendo investigado há cerca de um mês e à partir da denúncia de uma das vitimas o acusado foi preso em flagrante dentro da sala de aula de uma escola municipal onde lecionava, sendo encaminhado a uma delegacia onde ainda permanece detido.

Prisão preventiva - Conforme informado pela Polícia Civil, a prisão preventiva serve como medida cautelar para a continuidade das investigações e para que o acusado não venha a cometer novos crimes ou mesmo fuja, podendo ser decretada em qualquer fase do inquérito policial ou do processo.

O investigado permanecerá preso até o julgamento do inquérito policial.

Caso o acusado venha a ser condenado, poderá cumprir pena de reclusão de até 15 anos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions