A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

15/09/2011 08:30

Justiça determina remoção de crianças de abrigo com rachaduras

Aline dos Santos

O juiz de Glória de Dourados, Ricardo da Mata Reis, determinou a remoção das crianças do abrigo Lar do Menor. A decisão foi liminar.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o local possui rachaduras que poderiam comprometer a estrutura, além de vazamento de água.

“A situação é emergencial, as crianças não podem permanecer ali”, afirma a promotora Viviane Zuffo Vargas, autora da ação civil pública.

Foi determinado prazo de 60 dias para que o município providencie local adequado, que contenha mobiliário necessário e destinação de funcionários, apto a receber os menores

Será aplicada multa diária no valor de mil reais caso haja descumprimento da liminar.

Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...
Médico nega que tenha abandonado pacientes e diz que foi autorizado a sair
O médico Carlos José da Costa Duran, de 41 anos, nega que tenha abandonado o plantão no hospital e maternidade Idimaque Paes Ferreira, o único em Rio...



Concordo inteiramente com o Sr. Vanilton, tive que esperar mais de dois anos na "Fila" para adotar uma criança e contratar por duas vezes advogados para agilizar a Certidão de nascimento, pois fiquei com a criança com "provisória" durante mais de um ano.
 
Edilena da Rocha em 15/09/2011 12:55:31
Maravilha, exemplo que dever ser seguido, uma vez que adotar uma é "quase" impossível em função da "Fila" burocrática...
 
Vanilton Braga em 15/09/2011 09:27:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions