A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

08/04/2011 12:57

Mãe de garoto espancado por causa de R$ 2 diz que família não gostava dele

Paula Vitorino

Garoto foi espancado com chicote e uma pá após ter perdido R$ 2. (Foto: Rádio Caçula)Garoto foi espancado com chicote e uma pá após ter perdido R$ 2. (Foto: Rádio Caçula)

Após ser espancado pela mãe e o padrasto com chicote e uma pá por ter perdido R$ 2, o menino de 10 anos foi acolhido no início da noite desta quinta-feira (7) na Fundação Abrigo Poço de Jacó, em Três Lagoas. A determinação partiu do Conselho Tutelar do município.

Foi necessário o apoio da Polícia Militar no local, pois o padrasto do garoto estava alterado e questionou a decisão judicial de retirar a criança do convívio da família, mesmo sendo acusado de praticar diversos tipos de violência contra o enteado.

No entanto, a mãe do menino repreendeu a atitude do marido e disse para deixar o garoto ir embora, dizendo que “ninguém da família gosta do garoto”.

Antes de ser levado para o abrigo, o menino ainda pediu para o conselheiro não o deixar voltar mais para a casa da mãe.

Segundo o conselheiro Davis Martinelli, o garoto permanecerá no abrigo sob os cuidados da justiça e continuará com a sua rotina normal, estando apenas em casa diferente.

Martinelli explicou que a juíza tem o prazo de até dois anos para receber um estudo social realizado pela equipe do Fórum local, que irá apontar se alguém da família tem condições psicológicas de cuidar da criança. (Com informações do site Rádio Caçula)

Escritor douradense lança na terça livro sobre 40 anos de carreira
Será lançado na próxima terça-feira (6) em Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - o livro "A Felicidade pela Literatura: Ensaio entr...
Comércio de Ponta Porã funcionará em horário especial neste fim de ano
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...



a unica coisa q posso dizer é "Buscai a Deus enquanto é tempo" isso e tudo q falta na vida das pessoas.qto a nós cabe torcer pra q o destino desse garoto seja diferente do destino de tantos outros rejeitados q vemos nos jornais todos os dias nas paginas policiais.
 
lucyneide de carvalho em 09/04/2011 08:38:50
É inacreditavel, que esses tipos de agreções ainda serão permitido por uma mãe, e ainda classificam esses tipos de marginais como seres humanos. E ainda mais uma mãe, permitindo tudo isso, até parece um animal, que coloca filhos no mundo para serem espancados e jogados mundo afora. Mas ainda bem que existem pessoas de coração bom. E essa essa pagina triste da vida desse garoto terás um final feliz, aposto na justiça do homem e creio na justiça divina. Que a nossa sociedade não permita mais esses tipos de coisas bárbaras.
 
ROBERTO AMARALDE SOUZA em 09/04/2011 08:29:36
Na primeira reportagem sobre esse caso, critiquei severamente o CONSELHO TUTELAR, mas agora tenho que dar a mão a palmatória, Parabens ao Conselho Tutelar de Tres Lagoas, por agir de forma Louvável, acredito que agora essa criança terá um pouco mais de paz, foi liberta das mãos desses carrascos, diante dessa decisão, acredito que a vida dessa criança tomará um novo rumo, desejo que seja pra melhor, fico feliz em saber que a determinação partiu do Conselho Tutelar do município. Parabéns, agiu corretamente.

 
PEDRO FELIX DE SOUZA em 08/04/2011 08:39:15
Em casos como este não podia ficar só na retirada do menor da casa, tem que prender os pais, principalmente o padrasto que não tem ligação de sangue com o menino mas na hora de bater sente-se na posição de pai.
 
maximiliano nahas em 08/04/2011 05:13:32
Abominável a atitude desta "mãe", se é que se pode chamar um "troço" deste com este nome maravilhoso, que significa amor incondicional. Espero um dia que esta criança consiga um lar onde realmente a amem e a tratem como um ser humano e que ela jamais seja devolvida a esta "família", e que também não tenha nenhum tipo de contato com estes "monstros".
 
marivane cavalcanti em 08/04/2011 04:21:36
com tanta gente querendo ter filho e não consegue uma pessoa dessa se torna mão pra que?
alguem pode me responder por favor
quanto sofrimento num ser tão pequeno que era pra ser protegido e amado
 
soraia lombardi em 08/04/2011 04:16:29
Minha opinão é a seguinte,
a mãe dessa criança é um animal irracional, o padastro dele é outro, o que falta pra esse povo ai é estudo, cultura e religião. Acho que eu ninguem em sã concienci faria uma coisa dessa, isso é obra do demonio que arrodeia essa mãe e esse pai ai.
tenho dó da criança,
Mas o que fazer?
eles devem estar revoltados tambem igual a mim quando leu no jornal que o governo do estado vai fazer um aquario de $84.000.000,00 ao invés de investiar em educação, saude. só que eu graças a DEus não ´preciso bater nos meus filhos, essa foi o erro .
 
jose junior em 08/04/2011 03:58:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions