A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2017

31/10/2015 11:20

Máquinas destroem meio-fio de obra em avenida que ainda não foi entregue

Ricardo Campos Jr.

Comboio de máquinas agrícolas destruiu parte do meio-fio instalado recentemente na Avenida Guaicurus, em Dourados, a 223 quilômetros de Campo Grande. A via está passando por obras de duplicação reivindicadas principalmente pelos estudantes de universidades, militares e moradores que a utilizam como via de acesso e que ainda não foram entregues. As intervenções só começaram após uma série de protestos em 2013.

Veja Mais
Condutor perde o controle da direção e capota carro ao desviar de animal
Temer tira poder da Funai em demarcações e Famasul elogia medida

Segundo informações do site Dourados News, no local existem vários acessos a fazendas que não tiveram a guia rebaixada. Moradores filmaram os danos e divulgaram o vídeo nas redes sociais, dividindo a opinião dos internautas. Alguns criticam a atitude dos proprietários rurais e outros a apóiam, dizendo que eles têm o direito de acessar as áreas deles e que se o empreendimento fosse bem feito, resistiria ao peso dos tratores e colheitadeiras.

O presidente da Comissão Pró-Duplicação da Guaicurus, Franz Mendes, disse ao jornal local que buscou explicações junto à Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) sobre o ocorrido.

Em resposta, o órgão informou que estudos foram realizados para rebaixar o meio-fio. Mendes concorda que esse é um detalhe que deveria estar previsto no projeto inicial, mas se houve falha, o produtor deveria ter procurado o governo oficialmente para solicitar as alterações, ao invés de resolver a situação por conta própria.

A agência disse ainda para a comissão, conforme o Dourados News, que a empresa não é obrigada pelo contrato a fazer o reparo de danos causados por terceiros e ficará a cargo dela em consertar ou não as guias. Existem cláusulas que permitem inclusive que a companhia desista do empreendimento por conta de destruição externa.

Mendes espera que a polícia, a partir das imagens, investigue e puna os responsáveis pelos danos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions