A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

29/07/2015 11:59

Marinha divulga vídeo de naufrágio 10 meses após tragédia no Rio Paraguai

Liana Feitosa
Em destaque na imagem está o barco que afundou. Vídeo só foi divulgado agora devido às investigações comandadas pela Marinha. (Foto: Reprodução / Vídeo)Em destaque na imagem está o barco que afundou. Vídeo só foi divulgado agora devido às investigações comandadas pela Marinha. (Foto: Reprodução / Vídeo)

Dez meses após o naufrágio do barco-hotel paraguaio Sueño del Pantanal, que matou 14 pessoas em Porto Murtinho, a 431 quilômetros de Campo Grande, a Agência Fluvial da Marinha do Brasil em Porto Murtinho divulgou um vídeo que mostra o momento em que a embarcação afunda no Rio Paraguai.

Veja Mais
Encontrada 13ª vítima do barco-hotel naufragado há uma semana
Autoridades brasileiras aguardam Marinha paraguaia retirar barco do rio

As imagens são da câmera 3 do circuito de segurança da agência. O vídeo, de quase 15 minutos, começa mostrando imagens nítidas, quando o céu apenas estava nublado.

Após cerca de 6 minutos, é possível perceber certo escurecimento na gravação e, em seguida, forte chuva, com aumento considerável dos ventos e queda brusca na qualidade das imagens, devido à intensidade da tempestade.

O vídeo, gravado no dia 24 de setembro do ano passado, só foi divulgado agora devido às investigações comandadas pela Marinha do Brasil na região.

De acordo com o Capitão Tenente Alexandre Brandão da Silva, comandante da agência, as imagens foram analisadas durante a investigação aberta logo depois do acidente.

Naufrágio do barco-hotel paraguaio Sueño del Pantanal matou 14 pessoas em Porto Murtinho no ano passado. (Foto: Arquivo / Campo Grande News)Naufrágio do barco-hotel paraguaio Sueño del Pantanal matou 14 pessoas em Porto Murtinho no ano passado. (Foto: Arquivo / Campo Grande News)

"Essa foi uma investigação desenvolvida para analisar os aspectos de segurança da navegação e dar origem a um relatório. Esse relatório foi divulgado nessa semana como material de prevenção, para que o fato não ocorra mais", explica o comandante.

"Portanto, está sendo disponibilizado oficialmente ao público agora", completa. O relatório está disponível no site da Diretoria de Portos e Costas da Marinha: http://migre.me/qXWuv.

O relatório ainda será enviado para a Organização Marítima Internacional com o mesmo objetivo. "Todos os navegantes vão ter acesso a esse relatório e tomar conhecimento do documento para que, em situações semelhantes em seus países, tomem as devidas precauções para tragédias como essa não ocorram em outros lugares a nível mundial", detalha o comandante.

Segundo ele, um simpósio ainda está previsto para discutir e orientar acerca de questões de segurança com proprietários e capitães de embarcações brasileiras e paraguaias da região. Ainda não há data definida, mas a expectativa é que o evento ocorra em setembro, mês em que o naufrágio completa um ano.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions