A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

15/09/2015 12:21

Médico e esposa foram amarrados e degolados dentro de casa em sítio

Viviane Oliveira e Filipe Prado
O médico foi encontrado morto em um dos cômodos da casa e a mulher dele, em outro. (Foto: Fernando Antunes) O médico foi encontrado morto em um dos cômodos da casa e a mulher dele, em outro. (Foto: Fernando Antunes)

O médico aposentado Abner Rodrigues da Silva, 74 anos, e a esposa, Irene Barbosa Soares, 52, foram brutalmente assassinados em um sítio no assentamento Vale Verde, em Jaraguari, a 44 quilômetros de Campo Grande. O corpo do casal foi encontrado, por volta das 8h de hoje (15), por um caseiro. Os dois foram degolados e há indícios de que a mulher tenha sido estuprada. 

Veja Mais
Bilhete indica que médico e esposa foram assassinados por vingança
Polícia investiga morte de médico e esposa degolados em sítio

O vaqueiro Celso Barbosa Soares, 33, filho de Irene, contou que desde ontem (14), tentava falar com a mãe e não conseguia. Preocupado, ele pediu para o caseiro ir até à residência do casal para ver o que havia acontecido.

No local, o funcionário percebeu que as portas estavam abertas e ninguém atendia o chamado. Ele, então, foi até o vizinho e pediu ajuda. Os dois entraram na residência e encontraram o idoso com a perna direita amarrada na cama e com o pescoço degolado. A mulher, foi encontrada em outro cômodo deitada na cama, também degolada e sem a parte de baixo da roupa.

O rapaz relatou que não tem ideia do que pode ter acontecido. Ele afirma que o médico não guardava na residência quantia grande de dinheiro. “O máximo que ele já guardou foi R$ 2 mil para pagar funcionários”, lamenta.

Muito conhecido na região de Costa Rica, o médico estava casado com a mãe de Celso há 10 anos e morava na propriedade há cerca de três anos. Irene também era aposentada, segundo o filho.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions