A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

01/08/2014 13:28

Mesmo com reforma, Unei Laranja Doce funciona superlotada

Luciana Brazil

Recém reformada, a Unei (Unidade Educacional de Internação) Laranja Doce, em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande, já está em funcionamento, porém, com lotação máxima. Até que o quadro se normalize, o juiz da Vara da Infância de Dourados, Zaloar Murat Martins, determinou que a unidade não receberá novos detentos, segundo o site Dourados Agora. No ano passado, a superlotação gerou crise, com situação de risco para os internos. Com a decisão da justiça, a partir de agora, a Superintendência da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) terá que encontrar um local para destinar outros adolescentes apreendidos.

Veja Mais
Depois de três anos, Unei Laranja Doce recebe nova reforma em prédio
Justiça interdita Unei Laranja Doce, em Dourados

Ainda conforme a determinação do juiz, serão mantidos na unidade apenas 40 internos, capacidade limite do local. Os menores que foram encaminhados para outras unidades durante a reforma, como a de Ponta Porã e Corumbá, com o fim das obras retornam para a Unei de Dourados. Mesmo com as, a unidade Laranja Doce não foi capaz de garantir estrutura para atender à demanda de Dourados, que chega a registrar o triplo da capacidade.

No fim do ano passado, o MPE (Ministério Público Estadual) solicitou que o Tribunal de Justiça interditasse a Unei, que a falta de estrutura não atendia a legislação, violava o princípio da dignidade humana e chegava a pôr em risco a vida dos menores. Na mesma época, dois princípios de motim aconteceram no local. A unidade abrigava 75 adolescentes.

Ainda segundo denúncia do MPE, nem mesmo a enfermaria estava funcionando no local. A promotoria defendeu a retirada imediata de todos os internos para serem transferidos às outras unidades do Estado, até que a Unei de Dourados fosse reestruturada.

Na nova unidade, o governo do Estado investiu R$ 75 mil, conforme informou a Sejusp. Nove alojamentos receberam reforma da parte elétrica, hidráulica, pintura, reestruturação das camas, além da ampliação da área de convivência, com a construção de um solário. A última reforma na unidade Laranja Doce foi em 2011, e custou R$ 526 mil.

De acordo com o site Dourados Agora, a cidade terá uma nova Unei que vai custar ao cofres públicos R$ 7 milhões.O município disponibilizou duas áreas que pretende ceder para a construção da unidade. Uma delas fica próximo à Penitenciária Harry Amorim Costa e a outra na saída para Caarapó, nas proximidades da Embrapa. Conforme o juiz, a área terá que ter 15 mil metros quadrados.

“A previsão é de que as obras iniciem até o final deste ano. Assim que ela estiver pronta, vai abrigar os adolescentes que hoje estão em condição de superlotação na antiga estrutura”, explica Zaloar.

Depois de três anos, Unei Laranja Doce recebe nova reforma em prédio
As obras de reforma e revitalização da UNEI (Unidade Educacional de Internação) Laranja Doce, em Dourados, começaram hoje (7), três anos depois da úl...
Justiça interdita Unei Laranja Doce, em Dourados
A Unei (Unidade Educacional de Internação) masculina Laranja Doce, em Dourados, cidade distante 233 km de Campo Grande, foi interditada nesta terça-f...
Novo diretor da Unei Laranja Doce toma posse amanhã em Dourados
O novo diretor da Unei (Unidade Masculina de Internação) Laranja Doce, José Marcondes Nantes de Brito, toma posse do cargo amanhã (24), em Dourados, ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions