A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

11/07/2012 07:49

Ministério Público transfere promotor denunciado por corrupção

Aline dos Santos

O MPE (Ministério Público Estadual) oficializou a transferência do promotor José Arturo Iunes Bobadilha Garcia de Corumbá para Coxim. A remoção compulsória foi determinada pelo CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público).

Veja Mais
Carreta da Justiça realiza 368 atendimentos na terceira etapa do projeto
Condutor abandona veículo carregado com 800 kg de maconha na BR-163

A conduta do promotor começou a ser analisada após o Ministério Público receber denúncias de que ele teria praticado crimes de corrupção passiva e prevaricação, entre os anos de 2006 e 2007. Segundo o conselho, a transferência não é punição, mas medida de caráter administrativo motivado por interesse público.

O processo administrativo sobre a remoção compulsória do promotor foi avocado pelo CNMP em 2009. Na época, a maior parte dos membros do Conselho Superior do MP/MS estava impedida de atuar no caso.

O pedido de remoção foi feito em razão de “ações penais oferecidas contra o requerido, relacionamento pessoal com pessoas de índole duvidosa, ingerência no trabalho da polícia federal e comprometimento da atuação funcional em virtude da efetiva participação na vida social da comarca, inclusive na esfera política”.

Houve denúncia dos crimes à Justiça, que foram rejeitadas, não resultando em processo. Para a defesa, remoção compulsória é ilegal, pois promotores têm direito constitucional à inamovibilidade.

Carreta da Justiça realiza 368 atendimentos na terceira etapa do projeto
Em oito dias de atendimentos da Carreta da Justiça em Taquarussu - município localizado a 332 km de Campo Grande -, o projeto do TJ-MS (Tribunal de J...
Sidrolândia comemora aniversário com 'balada cristã' e jogos do Operário
Sidrolândia - cidade localizada a 71 km de Campo Grande - completa no domingo (11) 63 anos de emancipação e vai receber várias atrações para comemora...
Mesmo algemada, mulher usa isqueiro e coloca fogo em viatura policial
Elaine Cristina da Silva de 37 anos foi presa na noite de ontem (8) em Sonora, distante 364 km de Campo Grande, por porte ilegal de arma. Porém, mesm...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions