A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

20/03/2015 17:54

Morador põe faixa de alerta sobre buraco que causou morte na MS 040

Caroline Maldonado
Policial aposentado resolveu alertar condutores (Foto: Direto das Ruas)Policial aposentado resolveu alertar condutores (Foto: Direto das Ruas)

Um após o outro, os buracos na MS-040, no trecho entre Bataguassu e Santa Rita do Pardo, a 266 quilômetros de Campo Grande, não chamam a atenção das autoridades, mas acabam com a viagem de muita gente todos os dias e já provocaram acidentes com mortes, segundo condutores que usam a rodovia frequentemente. Os moradores da região já não sabem mais o que fazer para conseguir melhorias para a pista.

Veja Mais
Pistoleiro executa morador em acerto de tráfico de drogas na fronteira
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS

A frustração de ver gente parada no acostamento, porque perdeu roda nos buracos levou o policial civil aposentado Francisco Anielta Corrêa, de 50 anos, a tomar uma atitude a fim de, pelo menos, prevenir quem não conhece o local. Ele colocou uma faixa a margem da pista, com letras em vermelho e preto: “cuidado - rodovia com buraco”.

“Esse trecho está, desde o ano passado, matando gente e ninguém toma providências. No primeiro sábado de Carnaval, esse ano, morreu um casal. O carro deles passou pelo buraco, então eles bateram de frente com outro veículo, que tinha mãe e filha. Elas ficaram com fratura exposta nas pernas”, conta o aposentado, que mora em Bataguassu

A filha de Francisco trabalha em um hospital em Santa Rita e já teve diversos prejuízos. “O carro dela já teve dois pneus cortados, as rodas amassaram. Graças à Deus não teve acidente grave, porque ela conhece a pista e agora já sabe dos buracos, mas como fica a situação para quem nunca passou por aqui? A Agesul e outros órgãos públicos não tampam os buracos”, reclama ele, fazendo referência a Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul.

Caminhão perdeu a roda em buraco na estrada (Foto: Direto das Ruas)Caminhão perdeu a roda em buraco na estrada (Foto: Direto das Ruas)

Francisco conta ainda que o posto da PMRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) fica a 140 quilômetros da região onde ocorrem os acidentes.

“Ontem a tarde, um caminhão que ia para Campo Grande teve o pneu traseiro arrancado. Por sorte, não tinha ninguém no sentido contrário, pois poderia morrer alguém. O motorista ficou lá o dia inteiro, eu fui e voltei da Capital e ele estava lá ainda, passando a carga”, relata, ao lembrar que já tem mais de ano que as pessoas fazem alertas. Alguns já colocaram galhos de árvores no meio da pista para tentar evitar acidentes.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do Governo do Estado para obter um posicionamento quanto ao estado da rodovia. No entanto, como o contato foi feito após as 17h dessa sexta-feira (20), a assessoria comprometeu-se a atender a solicitação quando retornar ao expediente.

Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...
Hospital Universitário de Dourados alerta para golpe do falso médico
Falso médico estaria agindo em nome do HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e nesta segunda-feira entrou em co...



É muita incompetência!!! Os responsáveis no governo do estado deveriam responder criminalmente pelas mortes ocorridas devido à má conservação das rodovias!
 
Luiz Pereira em 21/03/2015 11:18:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions