A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2017

31/07/2014 21:14

Motociclista do Estado é preso com 5,8 kg de haxixe no Pernambuco

Alan Diógenes

Um motociclista sul-mato-grossense foi preso pela PF (Polícia Rodoviária Federal) e pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), na BR-101, em Cabo de Santo Agostinho, no Pernambuco, com 5,8 quilos de haxixe. Esta foi a maior apreensão da droga neste ano no Estado.

De acordo com o site Diário de Pernambuco, O garçom Wellington Fortunato Almada, de 21 anos, pilotava a moto Honda de placa ISH 5206 de Paranhos, transportando 24 tabletes do entorpecente. Ele negou o crime, mas, na sede da Polícia Federal no Recife, a moto teve o sistema de escapamento desmontado, onde foi encontrado o entorpecente.

O piloto foi autuado em flagrante por tráfico interestadual de entorpecentes e, caso seja condenado poderá pegar penas que variam de cinco a 20 anos de prisão. Ele foi encaminhado para o Cotel (Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna), em Abreu e Lima. Além da droga, e da motocicleta, também foi apreendido um aparelho celular.

Durante interrogatório, Wellington disse que trabalha como garçom em um bar em Eldorado e um cliente teria lhe oferecido R$ 7 mil para fazer viagem de Mato Grosso do Sul até Recife para entregar a droga para uma pessoa que entraria em contato via telefone celular. Ele disse também que havia saído de Eldorado de moto, há cerca de oito dias, tendo percorrido aproximadamente 3,1 km.

O haxixe veio do Paraguai e seria entregue para outros traficantes no Recife para abastecer vários pontos de venda de droga no bairro de Boa Viagem e nas cidades de Olinda e Cabo de Santo Agostinho para pessoas de classe média e alta.

Após relato sobre caça e extração ilegal de madeira, PMA apreende arma
Após receber denúncias de extração ilegal de madeira e caça ilegal sendo praticadas em Ivinhema - município localizado a 282 km de Campo Grande -, um...
Falso médico é acusado de matar paciente em hospital do interior
O MPE (Ministério Público Estadual) denunciou à Justiça e pediu a prisão do falso médico Marx Honorato Ortiz. Ele teria atuado no Hospital Municipal ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions