A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

31/07/2011 14:25

Motorista que morreu em acidente na MS-395 tentou desviar de animal

Ana Paula Carvalho
Com o impacto do acidente, Corsa ficou destruído. (Foto: site Nova Notícias)Com o impacto do acidente, Corsa ficou destruído. (Foto: site Nova Notícias)

Murilo Carvalho Stabili, de 29 anos, tentou desviar de um animal que estava na pista, quando colidiu, o veículo Corsa que dirigia, de frente com uma carreta Mercedes Benz na MS-395, entre Bataguassu e Anaurilândia.

No acidente, também morreu a namorada de Murilo, Simoni Aguigui da Silva, de 27 anos. O acidente aconteceu por volta das 17h.

A carreta com placas de Itaguajé, Paraná, era conduzida por Elias de Souza, 43 anos, que não se feriu.

Com o impacto do acidente a carreta tombou e perdeu o eixo da frente. O veículo Corsa ficou totalmente destruído.

A família de Murilo mora em Anaurilândia, onde ele será velado. Já a família de Simoni é de Dourados.

Idoso sofre sequestro relâmpago por supostos vendedores na fronteira
Idoso de 61 anos e brasileiro, sofreu um sequestro relâmpago na manhã deste domingo (4), enquanto descia do seu veículo para realizar compras no lado...
Concurso Beleza Negra acontece na próxima sexta-feira em Dourados
A cidade de Dourados - que fica a 233 km de Campo Grande - recebe na próxima sexta-feira (9), a partir da 19h, a primeira edição do Concurso Beleza N...



O que falta na verdade são "Túneis ecológicos"já que o MS é um Estado Pantaneiro.Sabemos que isso não ira resolver todos os acidentes, mas com certeza diminuirá bastante.
Não sabemos qual o animal que ocasionou o acidente, mas temos dados que diariamente animais , como Tamanduá Bandeira, Veados, Tatu, Ema, entre outros são atropelados em estradas do MS.
A BR que liga Campo Grande a Três Lagoas é um exemplo dessa situação.
Meus sentimentos a familia do jovem casal e que Deus os ampare.
 
cibely abussafi em 02/08/2011 11:01:47
A fundação da universidade do MS fez um estudo estimando os custos de se consruir passagens ecológicas e proteções com telas às margens das rodovias nas áreas críticas, como córregos e matas.
Só que o governador vetou o projeto, por considerar que R$ 7 milhões seria um preço muito alto.
Pena não levar em consideração, além dos milhares de animais mortos anualmente, também as vidas humanas que se perdem.
E sete milhões não é nada no orçamento do estado.
 
sergio tomeh em 02/08/2011 06:59:42
nao e a primeira vez q aconteca est tipo de acidente aqui,em naurilandia por causa de animais em pista ,estamos mais uma vez indiquinado,com a falta de resposabiladade com aqueles q deixa animais na pista ,cade a policia rodoviaria estadual q nao prende est animais e pune seus donos,estamos tristes com esta fatalidade.
 
antonio ari bastos em 01/08/2011 06:33:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions