A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

26/06/2015 08:22

MPF denuncia dois por prejuízo de R$ 11 mi em fraudes em aposentadoria

Aline dos Santos

O Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul (MPF/MS) constatou prejuízo de R$ 11 milhões e ajuizou ações de improbidade administrativa contra um servidor e um ex-chefe da agência do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social ) de Aparecida do Taboado.

Veja Mais
MPF denuncia à Justiça servidores do INSS acusados de fraudar benefícios
Homem é baleado após agredir suspeito envolvido em acidente

Celso Corrêa de Albuquerque e Rogério Flávio de Queiroz Blini são acusados pelo MPF de concederem irregularmente 258 pedidos de aposentadoria entre 2004 e 2009. Os bens de ambos estão bloqueados desde 2014.

Os dois são acusados de dar seguimento às solicitações de benefício previdenciário mesmo com a falta de documentos e desrespeitando trâmites obrigatórios do INSS. O Ministério Público Federal acusa Celso de cometer 235 irregularidades. Já Rogério é acusado de 23 atos de improbidade administrativa. O MPF calculou o prejuízo gerado ao INSS em R$ 11.010.723,43. A multa, de mesmo valor, faz o pedido alcançar o valor de R$ 22.021.446,86.

Em alguns casos, além da inobservância das normas pelos servidores, pode ter havido a apresentação de documentos falsos por parte de beneficiários. A reportagem tentou entrar em contato com o advogado de Rogério, mas a ligação não foi atendida. Celso não tem advogado constituído no processo e não foi localizado.

MPF denuncia à Justiça servidores do INSS acusados de fraudar benefícios
Dois servidores do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), sendo um ainda atuante no órgão e, outro, ex-servidor, se tornaram réus na justiça a p...
Homem é baleado após agredir suspeito envolvido em acidente
Jovem de 24 anos foi baleado com tiro na barriga, por volta das 17h30 de sábado (3), em Três Lagoas, distante 338 quilômetros de Campo Grande. Wemers...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions