A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

28/08/2015 15:39

MPF inicia fiscalização para melhorar desempenho em 98 escolas

Trabalho entre MP estadual e federal é voltado para educação básica e escola da Vila Almeida foi primeira a receber equipe

Helio de Freitas, de Dourados
Audiência pública marcou início do projeto do Ministério Público em 98 escolas de Dourados (Foto: Divulgação)Audiência pública marcou início do projeto do Ministério Público em 98 escolas de Dourados (Foto: Divulgação)

Começou nesta semana o trabalho em conjunto entre MPF (Ministério Público Federal) e MPE (Ministério Público Estadual) para fiscalizar a qualidade do ensino básico em 98 escolas públicas de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande. As ações fazem parte do MPEduc (Projeto Ministério Público pela Educação), realizado em 180 municípios brasileiros.

Veja Mais
Ministério da Agricultura cede espaço para armazenamento de produtos rurais
Reestruturação em presídio inclui sala para "videoaudiências"

De acordo com a assessoria do MPF, após a audiência pública de terça-feira, que reuniu 400 pessoas na Câmara de Vereadores, o trabalho começou no dia seguinte e a primeira unidade de ensino a receber a equipe foi a Escola Municipal Bernardina Corrêa de Almeida, localizada na Vila Almeida, região sul da cidade.

Conforme o MP, escolas municipais, estaduais e centros de educação infantil serão vistoriados. O objetivo é levantar os principais problemas e apresentar possíveis soluções.

Conselho Tutelar – O Ministério Público informou que o primeiro problema, identificado já na audiência pública, é existência de apenas um Conselho Tutelar em Dourados, considerado insuficiente. Além disso, conforme o MP, o Conselho de Alimentação Escolar, responsável pela qualidade da merenda servida às crianças, precisa ser fortalecido com estrutura e pessoal, para conseguir cumprir seu papel.

O trabalho iniciado em Dourados é a primeira ação do projeto em Mato Grosso do Sul. “O objetivo é melhorar os serviços prestados à população e o desempenho das escolas no Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica] que, em 2013, obteve média 5,1 em Dourados”, afirma o MP.

Segundo os órgãos fiscalizadores, a meta é atingir média 6 nos próximos anos. O procurador da República Pedro Gabriel Siqueira Gonçalves representa o MPF no projeto e o promotor de Justiça Etéocles Brito Mendonça Dias Júnior é o representante do MPE.

Recomendações – Após as visitas, serão expedidas recomendações e outras ações extrajudiciais, com definição de prazos para que o poder público promova melhorias no ensino e na infraestrutura das escolas. Novas audiências públicas estão programadas para prestação de contas à população das medidas adotadas.

O projeto será implementado em vários municípios da região de Dourados. Audiências públicas estão agendadas para Nova Alvorada do Sul (1/9) e Rio Brilhante (23/9).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions