A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

07/11/2013 10:45

MPF investiga empresa que extrai minério de ferro em Corumbá

Aliny Mary Dias

Uma mineradora que atua em Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande, é alvo de inquérito, aberto pelo MPF (Ministério Público Federal), para investigar danos causados pela atividade ao meio ambiente.

Veja Mais
Lojas vão estender horário de atendimento durante o mês de dezembro
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento

Segundo o ministério, moradores da Comunidade Antônio Maria Coelho reclamam da degradação de recursos hídricos depois que a mineradora se instalou na cidade e praticou a extração de minério de ferro.

A empresa Mineração Corumbaense Reunida (Vale) pediu licença no ano passado para expandir 138,6% as atividades na região. Com o pedido, a retirada de minério aumentaria de 4,4 milhões de toneladas para 10,5 milhões. O Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis) analisa o pedido.

Apuração - Em agosto de 2013, o MPF se reuniu com moradores da comunidade. No encontro, os habitantes destacaram a falta de água como fator crítico no local. Segundo relatos, o córrego Piraputanga, que abastecia a região, secou com o início da mineração e a comunidade tem encontrado dificuldades para armazenar a água fornecida em carros-pipa.

Os moradores ressaltaram que o líquido, quando retirado da cisterna, chega contaminado de minério e que o abastecimento, feito duas vezes ao dia, não tem tratamento adequado, apresentando coloração avermelhada nos dias chuvosos.

De acordo com o MPF, é necessário que o novo licenciamento ambiental preveja compensações que minimizem não só os danos ao meio ambiente, mas também aqueles sofridos pela comunidade.

Lojas vão estender horário de atendimento durante o mês de dezembro
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento
A esposa de um detento de Itaquiraí, distante 410 km de Campo Grande, foi presa na tarde de ontem (7) tentando entregar um pão recheado com maconha p...



É triste mas verdadeiro, o que acontece com as pessoas, não importa as grandes
empresas.
 
Mirella Forti Cossignani em 07/11/2013 12:39:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions