A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

29/10/2013 22:29

MPT solicita R$ 1,7 milhão para compra de prédio em Dourados

Vinícius Squinelo

O procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Mato Grosso do Sul, Odracir Juares Hecht, solicitou na tarde de hoje (29) ao deputado federal Akira Otsubo (PMDB/MS) emenda ao Orçamento Geral da União de 2014 no valor de R$ 1,7 milhão que garanta a compra de imóvel para atender o órgão no município sul-mato-grossense de Dourados.

Veja Mais
Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
Pistoleiro morre baleado durante confronto com a polícia do Paraguai

Hecht explicou que a Procuradoria do Trabalho no Município (PTM) está instalada em prédio alugado e pequeno, com 365 metros quadrados de área construída, “sem possibilidade de expansão para acomodar os novos servidores que serão em breve nomeados em razão de cargos efetivos criados pela Lei nº 12.321, de 8 de setembro de 2010”. O total de servidores efetivos vai passar de cinco para 11, além de mais cinco colaboradores e dois estagiários.

Também o procurador-chefe disse que “a aquisição objetiva dotar a Procuradoria do Trabalho em Dourados de espaço físico adequado à prestação de suas atividades institucionais, bem como proporcionar ambiente de trabalho adequado, visando o aumento da produtividade”, concluindo que a aquisição do prédio vai possibilitar a instalação da “PTM de Dourados-MS com conforto, segurança e funcionalidade”.

Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...
Médico nega que tenha abandonado pacientes e diz que foi autorizado a sair
O médico Carlos José da Costa Duran, de 41 anos, nega que tenha abandonado o plantão no hospital e maternidade Idimaque Paes Ferreira, o único em Rio...



Caro comentárista Maikon, o deputado Akira não pode apresentar emenda no orçamento da UNIÃO (leia-se FEDERAL) custear despesas de manutenção de veículos da frota da Polícia Civil (leia-se ESTADUAL).
 
Marcelo Venâncio em 04/11/2013 15:43:48
Ei deputado Akira, manda esse dinheiro pra comprar viaturas para a Polícia... as unidades policiais fazem "vaquinhas para arrumar os carros para trabalharem". Campo Grande News, tenha coragem, vá nas oficinas e noticie o tanto de viaturas que estão paradas aguardando para serem consertadas... pegue o exemplo da CIGCOE; eu liguei esses dias lá e eles informaram que só tinham uma viatura, mas tem medo de denunciar.
 
Maikon Dias Miranda em 30/10/2013 10:01:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions