A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

05/05/2014 13:21

MST decidirá liberação das rodovias depois de audiência com Incra

Luciana Brazil
Em março, motoristas foram impedidos de passar na BR-267. (Foto:Nova News)Em março, motoristas foram impedidos de passar na BR-267. (Foto:Nova News)

Após a audiência com o superintendente Regional do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), Celson Cestari, marcada para tarde de hoje (5), representantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra) vão decidir se as rodovias federais 163 e 267 serão desbloqueadas e quando isso acontecerá. Ao fim do encontro, o movimento também decidirá a desocupação do prédio da sede do Incra, tomado hoje pela manhã.

Veja Mais
Sem-terra ocupam Incra e cobram assentamento de 3,5 mil famílias
Sem-terra bloqueiam rodovias 267 e 163 e dificultam tráfego em MS

O coordenador estadual do MST, Jonas Carlos da Conceição, afirmou que aproximadamente mil pessoas bloquearam as rodovias no início da manhã. Na sede do Incra, no Shopping Marrakech, na rua 25 de Dezembro, na Capital, mais 600 pessoas ocuparam o prédio.

“Ainda não tem hora marcada para audiência, mas ela deve acontecer depois das 15 horas”, disse Jonas. No fim da manhã, representantes do movimento e o superintendente fizeram uma reunião rápida para protocolar a pauta das reivindicações e ainda solicitar a presença de um representante nacional do órgão.

O bloqueio das rodovias e a tomada do prédio fazem parte da jornada nacional de luta pela Reforma Agrária, intitulada "Grito da Terra Brasil", que mobiliza os sem-terra até 10 de maio.

Em março, o movimento já havia fechado a BR-267, quando pediam agilidade nas perícias judiciais ou desapropriação das fazendas Furnas e Córrego Fundo, município de Nova Andradina.

Ainda cobravam que o Incra estadual e nacional cumprissem a meta de assentamento das famílias acampadas em Mato Grosso do Sul. Nove mil acampados estão inscritos no Incra à espera de lote, segundo Jonas. 

Bloqueio- O tráfego foi bloqueado na BR-267, em Nova Andradina, e na BR-163, em Itaquiraí. Em Nova Andradina existem três acampamentos e um assentamento e em Itaquiraí, na 167, existe um acampamento de “brasiguaios”, conforme informou Jonas.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) está orientando motoristas nos locais onde existem desvios, para evitar que condutores fiquem presos no engarrafamento, como garantiu o inspetor José Ramão Mariano Filho. "Nas duas rodovias, nos trechos onde há possibilidade de desvio, equipes estão orientando os motoristas. Essas pessoas não tem água, alimento, por isso, é importante evitar que fiquem paradas nesses locais".

Ainda não há informações sobre o tamanho do engarrafamento. 

Sem-terra bloqueiam rodovias 267 e 163 e dificultam tráfego em MS
O MST (Movimento dos Trabalhadores Sem-terra) bloqueia duas rodovias nesta segunda-feira em Mato Grosso do Sul. Na BR-267, o tráfego está fechado des...
Após sete horas de protesto, sem-terra liberam rodovia
Após sete horas de protesto, sem-terra liberaram, pouco antes do meio-dia, a BR-267, que liga Nova Andradina a Campo Grande e também é caminho para S...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions