A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

30/09/2013 07:10

Mulher de 22 anos morre após ter pescoço cortado com copo de vidro em Coxim

Bruno Chaves
Jovem teve um perfuramento de 10 centímetros na artéria (Foto: Coxim Agora)Jovem teve um perfuramento de 10 centímetros na artéria (Foto: Coxim Agora)

Depois de discutir com o companheiro e ser atingida por um copo de vidro no rosto e no pescoço, Cleideir Sarati, 22 anos, morreu neste domingo (29), por volta das 17h, em Coxim. O acusado, Luiz Cláudio Ribolis Pereira, 21 anos, fugiu do local, mas foi preso minutos após a morte.

Veja Mais
Morre menina de 11 meses ferida após carro da família capotar em rodovia
Condutor perde controle de caminhonete, derruba poste e foge

Segundo o Coxim Agora, o crime ocorreu na Rua Dos Barros, no bairro Senhor Divino. Uma prima da vítima, que preferiu não se identificar, disse que chegou à casa do casal e os dois já haviam discutido. Depois que ela foi embora, Cleideir foi atingida pelo copo de vidro de massa de tomate.

O perito Diógenes Montrazi Bueno afirmou que Luiz Cláudio estava tomando água quando a jovem teria pego o celular para ligar para outro homem. Com ciúmes, o acusado teria desferido um primeiro golpe no rosto da vítima. Logo após, ele acertou o que sobrou do objeto no pescoço de Cleideir.

A perícia apontou que a artéria esquerda da vítima foi acertada. Por causa do ferimento de 10 centímetros, Cleideir não resistiu e morreu próximo ao local da briga. Ela chegou a andar alguns metros, mas desabou na calçada.

O Corpo de Bombeiros e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegaram a atender o chamado dos vizinhos, mas quando chegaram ao local, a vítima já estava sem vida. As polícias Civil e Militar também foram acionadas e, após diligências na região, Luiz Cláudio foi encontrado.

O rapaz possui várias passagens por de violência doméstica contra Cleideir, direção perigosa, conduzir veículo sob efeito de álcool e porte de drogas.

Morre menina de 11 meses ferida após carro da família capotar em rodovia
Sofia de Almeida Flores, de 11 meses de vida, morreu na madrugada de hoje (5) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, após ficar ferida em acidente oc...
Homem de 33 anos é morto com golpes de facão e foice em fazenda invadida
Um homem de 33 anos foi morto a golpes de facão e de foice durante uma briga envolvendo índios na fazenda Novilho, município de Caarapó, a 283 km de ...



Nesse caso é matar ou morrer, se um covarde que se diz homem me ameaçasse, eu tomaria uma atitude antes dele. Mulheres temos que começar a tomar uma atitude já que a justiça não nos protege.
 
Rosiane Marques em 30/09/2013 15:00:21
"O perito Diógenes Montrazi Bueno afirmou que Luiz Cláudio estava tomando água quando a jovem teria pego o celular para ligar para outro homem". Como o perito sabe para quem ela ia ligar??????? Não acredito que um perito esta acreditando na versão da pessoa que matou!!!
 
Bruna Franco em 30/09/2013 11:19:43
"O RAPAZ POSSUÍ VÁRIAS PASSAGENS POR VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA CLEIDEIR.....", e aí adiantou alguma coisa ela registrar esses BO's, "TÁ MORTA", papel não salva ninguém, das duas uma, OU A MULHERADA LARGA DO HOMEM DE QUEM ESTÁ APANHANDO ou REAJA E MATA O CARA EM LEGÍTIMA DEFESA. Não adianta querer colocar a culpa nas autoridades, não tem como ficar 24h por dia vigiando o psicopata, se a mulherada não começar a tomar atitude vão continuar a sofrer chegando ao ponto de infelizmente "MORRER" por querer viver com uma pessoa que não lhe dá o menor valor. Falei e tá falado (escrito)
 
Douglas Ruiz em 30/09/2013 11:17:03
Existe muitas falhas no sistema, mas o que traz as tragédias é quase sempre aquela história, ele se arrependeu, ele vai mudar, ele me ama e eu a amo, vou tentar de novo. É como dizia a minha avó,o pau que nasce torto quando queima até as cinzas fica torta.
 
porfirio vilela em 30/09/2013 11:05:48
É curioso que mesmo com varas da justiça, especializada para atender as mulheres vitimas de agressões de seus esposos, elas continuam sofrendo. Alguns dias atrás observei no site da justiça sul mato grossense um caso da mulher que apanhou do marido (em abril) foi ameaçada e tudo o mais e mesmo assim a audiência foi marcada para julho do ano que vem!!!!! Não entendi qual o papel da justiça? Será que na verdade, estas delegacias e varas especializadas só são um meio político para mostrar para população e para mulheres sofredoras que tem algo, um espaço só para ouvir suas reclamações???? Isso é uma completa e odiosa confusão... Quem deve ir para cadeia não é apenas o marido assassino são, também, as autoridades que deixaram este solto.
 
Luciano Correia em 30/09/2013 09:11:24
o marginal tem varias passagens e ainda continua a solto. kkkkkkk só no Brasil mesmo. bandido não pode ter o direito de vida não
 
FABIANO SANTOS em 30/09/2013 08:56:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions